Coluna 1

domingo, 30 de junho de 2013

Segunda-feira de tempo nublado e chuva no Norte do país

O TEMPO E A TEMPERATURA: 

Nesta segunda-feira, o céu vai ficar nublado a parcialmente nublado com pancadas de chuva no norte do Pará, Amapá, Amazonas, Roraima e no Acre. No Tocantins, o tempo fica claro a parcialmente nublado com névoa seca em todo o estado. Nas demais áreas da região Norte, a segunda-feira vai ser de céu nublado a parcialmente nublado. A temperatura fica estável com mínima de 16 e máxima de 35 graus. As informações são do Instituto Nacional de Meteorologia. 

Brasil bate melhor time do mundo e conquista a Copa das Confederações

Seleção bate os atuais campeões mundiais por 3 a 0, com gols de Fred e Neymar, na final da Copa das Confederações. Neymar é eleito o melhor jogador; siga ao vivo.
Foi como o roteiro de um filme. A seleção dona da casa, contra a melhor equipe do torneio, em um dos maiores templos do futebol. 

O final, claro, foi feliz para os mocinhos contra os nem tão bandidos assim. O Brasil venceu a Espanha por 3 a 0 neste domingo (30), no Maracanã, no Rio de Janeiro, e garantiu o tricampeonato da Copa das Confederações, o quarto título em sua rica história. Fred, duas vezes, e Neymar fizeram os gols da vitória sobre aquele que é tido como o melhor time do mundo. Sérgio Ramos ainda perdeu um pênalti e Pique foi expulso.

O segundo filme da série começa a ser traçado já com essa conquista da Copa das Confederações. Os próprios jogadores da seleção brasileira admitem que o título é um sonho realizado, mas o grande objetivo é mesmo a Copa do Mundo no ano que vem. Tudo até agora serviu como ensaio para os artistas do espetáculo – mesmo para os organizadores.

Como se tornou marca na competição, os 73.531 torcedores presentes no Maior do Mundo deram conta de uma emocionante trilha sonora. O público cantou a plenos pulmões o Hino Nacional, mesmo quando, por determinação do sisudo protocolo da Fifa, a música parou. 

O “gigante pela própria natureza” das manifestações foi em parte impedido pela polícia de chegar ao estádio, mas ainda assim deu mostras de um bom sentimento de patriotismo.

Se antes a seleção era criticada pela ausência de padrão de jogo, fez sua melhor partida taticamente até aqui. O ex-zagueiro Felipão armou um time fechado, que explorou os contra-ataques e soube aproveitar as oportunidades diante de uma equipe que não permite erros. Quanto à carência dos grandes ídolos do passado, hoje eles deram lugar ao oportunista Fred e, claro, ao craque Neymar.
Nova Família Scolari 
De volta ao time canarinho depois do pentacampeonato, esse há exatos 11 anos, Felipão conquistou seu primeiro título. 

De um time carente de ídolos, conseguiu unir talentos individuais e apoio incondicional dos torcedores para mais essa conquista em seu currículo. 

Um jogo mais refinado, algo que pelo menos chegue próximo do que faz a Espanha, por exemplo, sempre vai ser desejado. Mas enquanto somar triunfos, essa vai ser a tônica da seleção brasileira.

A Copa do Mundo de 2014 começa em 12 de junho, no Itaquerão, em São Paulo, e termina em 13 de julho, de novo no Maracanã, no Rio. A julgar pelo resultado deste domingo já dá para saber quem larga na frente em busca do sonhado título. (R7)



Internautas opinam sobre chances do Brasil

“Acredito que possamos até ir à final, mas, caso seja contra a Espanha, a derrota será inevitável”. 
Esta é a opinião do internauta Antonio, que respondeu à pergunta do DOL QUER SABER: “O Brasil vai vencer e convencer na Copa das Confederações?”.

As opiniões dos internautas foram bastantes divididas. “Sobre essa Copa das Confederações, Brasil não será campeão. 

Se passar pela Itália, perderá a final para a Espanha.”, comentou Antônio Quaresma, acompanhado por internautas que apostam na seleção espanhola, atual campeã do mundo.
Outros participantes foram mais otimistas sobre o resultado do jogo.

 “Vai ser campeão invicto !!!!!!!!”, afirmou Max Navegantes, que mostrou confiança na nossa seleção, assim como o internauta Evan Aragão. “Com certeza. O Brasil tem tudo para trazer mais esta conquista. Vamos lá, Brasil”. (DOL)

Buffon brilha e Itália vence Uruguai nos pênaltis

O Uruguai foi derrotado pela Itália na disputa de pênaltis, neste domingo (30), na Arena Fonte Nova, em Salvador, e viu o time tetracampeão mundial sair como terceiro colocado da Copa das Confederações.

O primeiro gol marcado pelos italianos foi de uma cobrança de falta que bateu na trave, no ombro de Muslera e depois entrou no gol.

A partida começou aberta e com muita paciência no toque de bola até os espaços serem encontrados. Sem Pirlo, a Itália parecia sentir falta de alguém que desse o toque final em um toque mais preciso para um dos atacantes.

A prorrogação não acompanhou o ritmo dos noventa minutos regulamentares da disputa. O jogo foi truncado e com poucas alternativas. Nenhuma das seleções arriscavam em lances agudos. Apenas o Uruguai esboçou alguns lances, mas nada comparado a atuação do tempo normal.

Nos pênaltis, logo na primeira cobrança, Forlán errou, assim como contra o Brasil. Ele chutou para defesa de Buffon. Mas De Sciglio chutou e Muslera defendeu. Só que na cobrança seguinte, Buffon defendeu a de Cáceres. Depois, Walter Gargano ainda errou mais um para o time sul-americano e decretou a vitória italiana.
(Ronald Sales/DOL)

Mês de julho terá oito horas diárias de muito sol e calor

Temperaturas poderão chegar aos 37º em alguns municípios do Pará.

O Instituto Nacional de Meteorologia garante (Inmet) informou que em Belém e no litoral o período de férias não trará grandes alterações no clima e na temperatura. 

O sol deve predominar em todas as regiões, com média de radiação direta em torno de 8 horas diárias e poucas chuvas à tarde ou à noite.
 

José Raimundo Abreu de Sousa, coordenador do Inmet no Pará, diz que haverá também a predominância dos ventos alísios - massas de ar frio dos trópicos para as zonas de baixa pressão, na Linha Equador, que quanto mais intensos, aumentam as brisas terrestres à noite ou marítimas de dia, influenciando na formação de nuvens em áreas isoladas.

 “São os principais geradores de chuvas no final da tarde ou no anoitecer da área litorânea,  adentrando o continente e chegando até a cidade de Belém e propagando-se no sentido leste a oeste. 

Esse deslocamento atingirá grande parte dos municípios na região norte e oeste do Pará, atingindo cidades da Região Metropolitana de Belém e arredores culminando com índices pluviométricos dentro da média histórica de 30 anos, em torno de 160 mm,  inclusive na Ilha do Marajó (Soure e Breves) e área dos arredores, como Salinas, Marapanim, Vigia, Curuçá”

Já nos demais municípios do litoral nordeste do Estado, predominarão as “condições de tempo bom com amanhecer geralmente claro a parcialmente nublado, na maioria dos dias e somente no decorrer da tarde para noite haverá pancadas de chuvas isoladas”, diz.
 

As maiores precipitações ocorrerão nas áreas do litoral, ilha do Marajó e região centro. No oeste do Pará (Santarém, Monte Alegre, Óbidos, Itaituba),  os totais mensais de chuvas devem ficar entre 80.0 a 120.0mm.
“E os menores índice pluviométricos ocorrerão no sul do Pará, nas cidades de Conceição do Araguaia, Redenção, Marabá, São Félix do Xingu e municípios circunvizinhos, que devem apresentar valores de chuvas inferiores a 30 mm mensal, e com agravante de umidade do ar inferior 40%, e altas temperaturas - máximas entre 35° a 37ºC”, explica José Raimundo.

Para quem optar por permanecer em Belém, as temperaturas máximas devem ficar entre 33° a 34.5ºC.

 O Liberal
 

Brasil e Espanha, enfim, medem forças e podem mudar conceitos

De um lado está o país pentacampeão mundial, o maior vencedor da história do futebol, com uma tradição incontestável e times memoráveis. 

Do outro está a melhor seleção da atualidade, atual campeã do mundo e com estilo de jogo admirado pelos amantes do esporte. 

Brasil e Espanha fazem a final da Copa das Confederações neste domingo, às 19h, no Maracanã, no Rio de Janeiro. Na decisão tão sonhada, as duas equipes, enfim, poderão medir forças, e o resultado pode mudar os conceitos dos dois lados.

Nos últimos cinco anos, desde que conquistou a Eurocopa de 2008, a Espanha venceu todas as principais seleções do planeta, foi campeã da Copa do Mundo de 2010 e também da Euro de 2012. No entanto, ainda não tinha tido a oportunidade de cruzar com o Brasil. 

Na Copa das Confederações de 2009, a Fúria caiu na semifinal para os Estados Unidos, e o confronto foi adiado. No Mundial da África do Sul, no ano seguinte, foi a vez do Brasil ser eliminado antes, diante da Holanda, nas quartas de final. Nem em amistosos os dois times se enfrentaram.

Agora, uma possível vitória espanhola fará a equipe de Vicente Del Bosque fechar o ciclo contra todos os grandes adversários e enriquecer ainda mais o currículo com uma vitória sobre os "pais do futebol", como o próprio técnico da Espanha se referiu ao Brasil. 

Já um triunfo brasileiro decretará a primeira derrota marcante desta geração da Fúria, elevando a equipe de Luiz Felipe Scolari novamente à condição de um dos gigantes da atualidade.

Ciente da importância histórica do confronto deste domingo, Felipão admitiu que o resultado desta final pode influenciar na preparação da seleção brasileira para o objetivo maior do seu trabalho, a Copa do Mundo de 2014.

"Com uma vitória, nós mandaremos uma mensagem a todas as outras seleções que estamos no caminho certo para disputar o título em 2014 em igualdade de condições com mais sete ou outro equipes. 

Mesmo se não ganharmos, mas se a gente for uma equipe determinada e mostrar que estamos em boas condições, também mandaremos uma mensagem", afirmou o treinador brasileiro, que completou.

"Espero que possamos vencer a Espanha, jogar uma boa partida e ter a possibilidade de seguir nesse projeto com mais confiança, com uma situação mais equilibrada. Espero que a gente possa ter uma ideia definitiva do que nos falta, que a gente tenha parâmetros melhores para a Copa do Mundo".

Para o duelo decisivo no Maracanã, Felipão vai manter a escalação que atuou na maioria dos jogos desta competição, sem supresas, com Oscar, Hulk, Neymar e Fred formando o quarteto ofensivo. Na Espanha, Del Bosque preferiu não cofirmar quem serão os titulares. 

A Fúria pode entrar em campo com um centroavante de ofício, Fernando Torres ou Soldado, ou então armar o time com um falso número nove, no caso Cesc Fábregas ou David Silva.
O treinador espanhol também destacou a dimensão do duelo no Rio de Janeiro, fez elogios ao Brasil, mas demonstrou estar bem consiente da oportunidade que sua equipe tem de ampliar ainda mais o domínio no futebol mundial

"É uma satisfação, um dia feliz para nós, uma festa. Sabemos da responsabilidade que temos, mas acho que para todos será algo muito bonito, Estamos falando do Brasil, que tem história no futebol, são os pais do futebol, e o Maracanã também tem uma história extraordinária. Estamos felizes de estar na final da Copa das Confederações, e espero que em 2014 possamos estar aqui no Maracanã novamente", disse Del Bosque.

Com os 78 mil ingressos vendidos antecipadamente para a final deste domingo e apoio da torcida aos donos da casa, quem for ao Maracanã certamente vai presenciar uma partida que, independentemente do campeão, escreverá um novo capítulo da história do futebol. (MSN)

Plebiscito poderá custar R$ 500 milhões aos cofres públicos

A consulta popular sobre a reforma política poderá custar cerca de R$ 500 milhões aos cofres públicos, caso a convocação ocorra ainda este ano. 
A previsão leva em conta números atualizados das últimas eleições municipais, realizadas em 2012, que custaram R$ 395 milhões, uma média de R$ 2,81 por eleitor. A avaliação é de técnicos do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Segundo esses técnicos, o valor por eleitor, que vem caindo nos últimos anos, pode aumentar devido à urgência no planejamento. Geralmente, o TSE começa a preparar as eleições seguintes assim que um pleito é encerrado. Com mais de um ano de antecedência, o tribunal já está lançando o termo de referência para contratações necessárias às eleições de 2014.

A consulta popular também poderá ficar mais cara devido ao aumento do eleitorado e à necessidade de reforçar a segurança nos locais de votação, resultado dos protestos recentes que tomaram o país. Em 2012, os gastos com a Força Nacional somaram R$ 24 milhões.

Outro custo que deve ser considerado é a campanha de esclarecimento à população. Como o assunto é complexo, especialistas já alertaram que os temas devem ser amplamente divulgados antes de entrar em votação. 

No ano passado, a produção da campanha Voto Limpo para veiculação gratuita em rádio e em televisão custou R$ 2,8 milhões ao TSE. Uma vez definido o modelo de consulta, a empresa responsável pela publicidade precisa de pelo menos 30 dias para preparar o material.

Nesta semana, a presidenta Dilma Rousseff entrou em contato com a presidenta do TSE, Cármen Lúcia, para tratar do planejamento e logística para realização da consulta pública. Até a última sexta-feira (28), o TSE não havia, oficialmente, divulgado informações sobre o assunto.

A reforma política só poderá ser aplicada nas eleições de 2014 se for aprovada até o início de outubro. Segundo interpretação do Supremo Tribunal Federal (STF), mudanças no sistema eleitoral devem esperar um ano para entrar em vigor. Foi isso que ocorreu com a Lei da Ficha Limpa, aprovada em meados de 2010 e invalidada para as eleições daquele ano.

O Executivo sugeriu como possíveis datas os feriados de 7 de Setembro ou 15 de novembro, mas ainda há a opção de realizar a consulta com as eleições presidenciais do ano que vem, reduzindo custos. Em 2010, os acrianos votaram em referendo sobre o fuso horário local no segundo turno das eleições daquele ano.

A última consulta nacional, realizada em 2005, foi o referendo do desarmamento, e custou R$ 252 milhões. No Pará, o plebiscito sobre a divisão do estado, realizado em 2011 com a população local, custou R$ 19 milhões. (Agência Brasil)

ProUni divulga lista de pré-selecionados

O resultado da primeira chamada do Programa Universidade para Todos (ProUni) já pode ser consultado em sua página na internet, nas instituições participantes ou pela central de atendimento do Ministério da Educação (MEC): 0800-616161. 

Os candidatos pré-selecionados devem comprovar nas instituições de ensino as informações dadas na ficha de inscrição, providenciar a matrícula e, se for o caso, participar de seleção própria da faculdade ou universidade. No site do Prouni é possível ver a lista da documentação necessária.

O candidato tem de 1º a 8 de julho para comparecer às instituições com os documentos. Caso perca o prazo ou não comprove as informações necessárias, será reprovado.
O Prouni oferece bolsas em instituições particulares de ensino superior. 

Nesta edição, são oferecidas 90.045 bolsas - dessas, 55.693 integrais e 34.352 parciais, no valor de 50% da mensalidade. As bolsas integrais do ProUni são para os estudantes com renda bruta familiar, por pessoa, de até um salário mínimo e meio. 

As bolsas parciais são destinadas aos candidatos com renda bruta familiar de até três salários mínimos por pessoa. Nesta edição do programa 436.941 candidatos fizeram a inscrição.

O resultado da segunda chamada está previsto para 16 de julho. O estudante terá de 16 a 22 do mesmo mês para comprovar as informações e providenciar a matrícula. Caso fique fora das duas chamadas e pretenda integrar a lista de espera, o candidato terá de fazer a adesão, também pela internet, de 26 a 29 de julho.
(Agência Brasil)

Férias mais longas exigirão disciplina

Polícia dará atenção especial à repressão do uso de álcool por condutores.
O mês das férias está mais longo em 2013, porque se iniciou na sexta-feira, 28, e os dois primeiros dias de agosto caem numa quinta e sexta-feira, levando a folga até 4 de agosto. 

A orientação dos órgãos de segurança é disciplina nas estradas e cuidados com o veículo. Mais de 3,6 mil operadores de segurança vão trabalhar na Operação Verão da Paz, cujo custo estimado é de 6 milhões de reais, entre combustível, diárias de servidores e outras despesas.

A Polícia Rodoviária atuará em 19 rodovias, com 340 policiais, além de dar apoio nos pontos de maior concentração de veranistas onde haja rodovias federais. A Copa das Confederações mobilizou muitos policiais federais do Pará para atender demandas em outras cidades, reduzindo o efetivo nas rodovias do estado.

“Por isso vamos dar apoio, PRE, PRF e Polícia Militar, nas estradas federais que dão acesso aos locais com grande concentração de publico”, explicou o secretário de Segurança, Luiz Fernandes.

 O Detran fará fiscalização volante e barreiras e manterá um posto fixos, com serviço de regularização de veículos para quem está com o licenciamento do veículo vencido. “É uma oportunidade que o condutor tem de regularizar seu débito e seguir tranquilo”, informa Rodolfo Ferreira, coordenador de operações do Detran, que atuará em mais 27 localizadas, com 311 agentes, 50 viaturas e mais de 50 bafômetros.

A Polícia Rodoviária Federal reforçará a vigilância, a partir da próxima semana, nos pontos mais perigosos: Rodovia Fernando Guilhon e Everaldo Martins que liga Santarém a Alter do Chão.



Real faz 19 anos com valor 400% menor

Balanço do Dieese aponta para alta expressiva dos preços dos alimentos.
 O plano completa 19 anos amanhã, com uma aumento de de 391% no custo da alimentação básica das famílias paraenses. Em 1994, quando surgiu a nova moeda, a cesta básica, composta de doze produtos, custava R$ 62,95. Em maio de 2013, custava R$ 309. 

O plano foi bem sucedido ao contar a hiperinflação que havia na época. Mas a inflação acumulada de julho de 1994 a junho de 2013 é de 335%, com base no IPCA, e de 348%, com base no INPC. Porém, o saldo de empregos cresceu de 3 mil vagas, em 1994, para 37 mil, no ano passado. Da mesma forma, o salário mínimo, que foi reajustado em mais de 900%.

De acordo com levantamentos feitos pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos do Pará (Dieese-PA), o que era possível comprar com R$ 1 em 1994, não é mais possível comprar, nem com o dobro deste valor, nos tempos atuais. 

Sena afirma que a inflação apresenta uma evolução cíclica ao longo dos 19 anos de vigência do real. 'A trajetória de queda dos anos iniciais do plano foi interrompida em 1999, quando a desvalorização cambial fez com que as taxas se elevassem gradualmente em 2002 até o primeiro semestre de 2003, voltando a apresentar uma trajetória descendente a partir dali', explica. 

Ele diz que o ano de 2003 fechou com uma inflação de aproximadamente 10%. 'Já em 2004 a taxa medida pelo INPC ficou em 6,13 % e pelo IPCA em 7,60%. Já no ano passado, a inflação ficou em 5,84% (IPCA) e 6,20 % (INPC)', comenta.
 
Para o presidente do Sindicato do Fisco do Estado do Pará (Sindfisco), Charles Alcântara, o plano deu estabilidade à economia brasileira. 'Isso é um fato inegável, já que àquela época (1994), os piques inflacionários eram assustadores. 

A velocidade da desvalorização da moeda era absurda, e vivíamos sob absoluta incerteza', recorda. Entretanto, Alcântara destaca que a inflação é um fantasma permanente – o que complica a vida de quem tem renda mensal de um salário mínimo. 'O plano real é um marco na história da nossa moeda. 

Agora, os problemas do Brasil são mais profundos. Um deles é a dívida pública', pontua, frisando que a conta em questão consumiu, nos cinco primeiros meses do ano, R$ 406 bilhões, a partir de juros e amortizações. 'Isso representou 51% do Orçamento Geral da União. Esta dívida precisa ser auditada, e ver o que já se pagou, o que devemos, e quanto ainda devemos', acrescenta.

Ainda na avaliação do presidente do Sindfisco, a presidente da República, Dilma Roussef, está atacando outras áreas, que fogem à inflação. 'Só é possível combater a inflação com um remédio: o aumento dos juros. Só que isso provoca outros efeitos perversos para a sociedade. 

Quanto maior os juros, maior é o ganho dos especuladores. Para quem vive na ciranda financeira, a elevação dos juros é um sonho', analisa. Charles diz que tem a expectativa que os preços se estabilizem. 'Pelo menos é o que os últimos indicadores apontam', acrescenta.  (O Liberal)

MENSAGEM DO DIA

                                                      Só há verdadeira comunicação
                                                      quando você transmite o que é
                                                        e acolhe o outro, sem querer
                                                                     domina-lo.
                                                   Comunicação é partilha, é diálogo,
                                                              é relacionamento.
                                                    Vivida assim, a comunicação leva
                                                                      à verdade,
                                                              constrói a felicidade.
                                                                    Pense nisso!
                                                  Excelente domingo extensivo à família.

sábado, 29 de junho de 2013

Preços do etanol caem em todo o país, segundo números divulgados pela ANP

Entre a última semana de abril e a quarta semana de junho, os preços finais do etanol hidratado para o consumidor tiveram uma redução de 6,8% em todo o Brasil. 

No mesmo período, a gasolina teve uma queda bem menor, de 0,9%. Com isso, a relação entre os preços entre o etanol hidratado e a gasolina comum caiu de 72% para 68% na média nacional. 

De acordo com a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), a relação alcançou, pelo preço médio das últimas quatro semanas, 68,7%, a menor obtida desde junho de 2011.

Para a ANP, esse resultado pode ser atribuído em grande parte à resolução da agência reguladora que estabeleceu critérios para a aquisição e formação de estoque de etanol, mesmo durante a entressafra da cana-de-açúcar. 

A medida teve como objetivo estimular a previsibilidade da produção, por meio de contratos entre produtores e fornecedores e reduzir a volatilidade de preços decorrente de fatores conjunturais.

Ainda segundo a ANP, a recente desoneração fiscal pelo governo federal, que isentou o etanol do PIS/Cofins, também contribuiu para a queda de preços do combustível. Atualmente, há vantagem econômica no abastecimento com etanol hidratado, em relação à gasolina comum, nos estados de São Paulo, do Paraná, de Mato Grosso e de Goiás. 

Já em Minas Gerais e Mato Grosso do Sul, a relação de preços entre o etanol e a gasolina comum encontra-se próxima a 70%. Será que o preço em Santarém vai cair?. Uma boa Pergunta. Vamos conferir na segunda feira (01) (Agência Brasil)

Felipão refuta copiar tática italiana contra Fúria

O técnico Luiz Felipe Scolari refutou completamente a hipótese de a seleção brasileira repetir a tática italiana que quase bateu a Espanha na semifinal da Copa das Confederações. 

Em entrevista coletiva neste sábado, véspera da decisão histórica no Maracanã, o treinador mostrou convicção de que o modelo de jogo escolhido por ele para a seleção brasileira pode levar a equipe a vencer os multi-campeões espanhóis e dar ao País o seu quarto título da competição.

"Imagina se eu boto três zagueiros amanhã (domingo). Sou crucificado por 180 jornalistas. Aquilo lá é uma forma de jogar que é típica da Itália, nós não podemos ter de um dia para o outro essa formação. 

Temos que ter a formação que foi formatada durante essa competição e nos dois amistosos antes. Se alguns gostam ou não gostam, eu gostei. E vou fazer com que jogue da mesma forma", disse Felipão.

Para o treinador, aliás, a Espanha não é favorita. Ele não esconde que a seleção campeã do mundo tem "algumas vantagens" sobre o Brasil, mas pondera que a força de vontade dos brasileiros, empurrados pela torcida, também pode fazer a diferença.

 "Nos últimos seis anos, (a Espanha) impôs seu futebol venceu todas as competições, vem jogando com essa mesma equipe praticamente os últimos seis anos, então eles têm algumas vantagens a mais do que nós", opinou. "Eles podem ter alguma superioridade, mas com força e espírito a gente pode igualar e passar na frente de tudo isso que eles têm."

Durante a coletiva, Felipão bateu na tecla de que o Brasil tem a chance de mandar uma mensagem para a torcida e para os adversários: que tem novamente uma grande seleção e que vai chegar à Copa do Mundo do ano que vem entre os favoritos. O único time pentacampeão do mundo precisa sim ser temido.

"Se vencermos, mandamos uma mensagem para todas as outras seleções que vamos disputar o título de 2014 contra outras sete ou outras seleções. Se jogarmos bem, criarmos, mas não ganharmos também mandamos uma mensagem. 

Era esse o nosso propósito quando começamos a Copa das Confederações. Estaremos jogando não só o jogo de amanhã (domingo), mandando a todo mundo uma mensagem, mas principalmente à torcida brasileira", afirmou Felipão.
(Agência Estado)

Ministro é vaiado na Marcha para Jesus ao dizer que representava Dilma

Líder da Igreja Renascer em Cristo tomou a palavra para tentar aplacar o mal-estar.
O ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, recebeu vaias neste sábado, 29 durante a 21ª Marcha para Jesus, em São Paulo, ao anunciar que participava do megaevento evangélico em nome da presidente Dilma Rousseff.

Após a fala do ministro, o apóstolo Estevam Hernandes, líder da Igreja Renascer em Cristo, tomou a palavra para tentar aplacar o mal-estar. Carvalho considerou a vaia uma "coisa normal".

Outras autoridades também estiveram no evento evangélico. Marcaram presença o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), acompanhado da primeira-dama, Lu Alckmin; o ex-prefeito da cidade, Gilberto Kassab (PSD) e do presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara, o deputado Marco Feliciano (PSC). 

A marcha serviu como uma espécie de desagravo a Feliciano. O pastor voltou a ser alvo de protestos em todo o País por ter aprovado chancelado a aprovação do projeto apelidado de "cura gay" na Comissão de Direitos Humanos. 
 
A proposta suspende trecho da resolução do Conselho Federal de Psicologia de 1999 que proibiu profissionais da área de colaborar com eventos e serviços que ofereçam tratamento e cura de homossexualidade, além de vedar manifestação que reforcem preconceitos sociais em relação aos homossexuais.

Segundo a Polícia Militar, a marcha foi acompanhada por 500 mil pessoas na região norte da capital paulista. 
Fonte: Estadão

Jornalistas sofreram 53 ataques durante protestos

Desde o início dos protestos de rua que tomaram o País, no último dia 6, mais de 50 profissionais de imprensa envolvidos na cobertura foram agredidos - e seis deles, presos. 

Nesses 23 dias ,13 veículos de meios de comunicação foram danificados total ou parcialmente e uma sede, a da Rede Brasil Sul (RBS), em Porto Alegre, sofreu duas tentativas de ataque.

O levantamento foi feito pela Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo, a Abraji, a partir de informações das redações, de sindicatos e da ONG Repórteres Sem Fronteiras. No total, foram 53 ataques a 52 jornalistas (um deles foi preso em um dia e agredido em outro).

Os números foram coletados em onze cidades - e praticamente metade dos incidentes, 25, ocorreu em São Paulo. Fortaleza vem a seguir, com 6, e Rio de Janeiro, com 5. A Folha de S.Paulo, com sete profissionais envolvidos, foi o veículo com maior número de vítimas.

Na nota em que relata os episódios, em seu site, a Abraji repudia “a violência da polícia contra manifestantes pacíficos e jornalistas e repudia igualmente a hostilidade de alguns manifestantes contra os trabalhadores dos meios de comunicação, como repórteres, fotógrafos, cinegrafistas e motoristas”. 

A entidade afirma ainda que “impedir ou dificultar o trabalho da imprensa é agir contra a democracia”. Esses profissionais, prossegue a nota, “estão nas ruas cumprindo com o dever de manter a sociedade bem informada” e isso “deve ser respeitado, independentemente de preferências políticas e dos meios em que informam”. 

Eles trabalham “com o mesmo profissionalismo e destemor com que cobriram as grandes passeatas contra a ditadura, a campanha das Diretas-Já, a campanha pelo impeachment de Fernando Collor”.
Prisões
Mais de 60% dos casos anotados pela entidade - 34 do total - se referem a agressão ou ameaça de parte da polícia. 

Seis dos casos levaram à prisão dos profissionais, por períodos curtos, de poucos minutos, ou até de três dias, como ocorreu ao repórter Pedro Nogueira, do portal Aprendiz, que chegou a ser indiciado por formação de quadrilha. 

De sua parte, os participantes dos protestos foram os responsáveis por 12 casos de agressão. Em um dos casos não foi possível esclarecer o que motivou os ferimentos do profissional.

Os ataques contra veículos de jornais ou emissoras de rádio e TV ocorreram em nove cidades brasileiras. O dia mais violento, nesse item, foi 24 de junho, quando quatro veículos foram depredados numa manifestação em Goiânia que, ao final, descambou para uma batalha de rua entre grupos armados e a polícia.

A Abraji adverte, ao divulgar os números, que o levantamento “é parcial”, porque pode haver “casos que podem ou não ter sido computados, por diversas razões” - uma delas seria a de empresas ou jornalistas, que preferem não divulgar as informações.
(Agência Estado)

Mulheres buscam direitos na 'Marcha das Vadias'

Protesto em Belém denuncia violações aos direitos das mulheres.

Com o tema 'A violência começa no discurso', milhares de mulheres paraenses estão nas ruas de Belém na manhã deste sábado (29) para a 3ª Marcha das Vadias. 

O protesto quer chamar atenção para uma coisa séria: a violência cometida contra a mulher sobretudo as que vêm ocorrendo no âmbito das políticas públicas. 

A caminhada sai da Praça da República e deve finalizar na Praça do Relógio, no Ver-o-Peso.
'A violência começa no discurso, mas está sendo ultrapassada para além disso. Ela se concretiza nas ações fundamentalistas, na falta de políticas públicas, no fato das pessoas legislarem sobre a vida e o corpo das mulheres. 

Os direitos sexuais e reprodutivos das mulheres estão sendo sistematicamente atacados nesse país', afirma Eunice Guedes, professora de Psicologia da UFPA e membro do Fórum de Mulheres da Amazônia Paraense. 

As organizadoras também lembram que o Pará é, de acordo com o Mapa da Violência de 2012, o 4 º estado no ranking de queixas de violências contra as mulheres. Além disso, o município de Paragominas é o que tem a maior taxa de homicídio de mulheres em todo o país. 

Por isso, a Marcha das Vadias é também uma cobrança por políticas públicas locais de prevenção e combate às violências e de amparo às vítimas. Para as mulheres ligadas a grupos feministas e militantes independentes que organizam o ato, toda violência contra a mulher tem origem na ideia de que ela é inferior ao homem. 

Essa noção legitima atos que acabam sendo percebidos como algo natural, como quando se diz que uma mulher 'mereceu ser estuprada porque não se dá o respeito'. Foi esse tipo de pensamento que deu origem à primeira Marcha das Vadias no mundo, em 2011, quando um policial canadense afirmou que mulheres deveriam evitar se vestir como vadias para não ser violentadas, culpando as vítimas ao invés dos estupradores.

Nesse contexto de discursos que legitimam violências, as ativistas dão ênfase a propostas políticas atuais no país que violam os direitos femininos, a exemplo do Estatuto do Nascituro, que pretende impedir o aborto em casos de estupro, a CPI do aborto, que busca criminalizar mulheres que abortaram, e o projeto conhecido como 'cura gay', que interfere em resolução do Conselho Federal de Psicologia para autorizar 'tratamentos' para a 'cura' de homossexuais.  (Portal ORM)




Paratur anuncia vencedores do Prêmio de Jornalismo em Turismo

A presidente da Paratur, Socorro Costa, afirmou que o objetivo principal é tornar o Pará o principal destino turístico da Amazônia.
A noite foi marcada pela pompa e circunstância que o momento exigia. Os 15 trabalhos jornalísticos vencedores do Prêmio de Jornalismo em Turismo “Comendador Marques dos Reis” foram conhecidos, nesta sexta-feira (28), no Boulevard das Feiras da Estação das Docas. 

Reunindo 89 concorrentes de todo o Brasil e até do exterior, os profissionais de imprensa do Pará foram o grande destaque, abocanhando oito de um total de 15 prêmios. Várias personalidades que apóiam e contribuem para o desenvolvimento da atividade turística foram homenageadas por seus serviços prestados com placas comemorativas. O filme alemão “Perdidos na Amazônia” – Verloren am Amazonas – gravado no Pará, também foi lançado durante o evento.

Na primeira categoria anunciada, Fotojornalismo, o primeiro lugar ficou com Anderson Coelho, da Folha de Londrina (PR), com a coletânea de imagens “As várias faces de Belém do Pará” para o encarte Viva Bem. Tarso Sarraf levou o segundo prêmio com “Amazônia Wake Surf” para a Revista Amazônia Viva, enquanto que o terceiro colocado foi Fabrício Coleny, com o trabalho “Maiandeua” para a revista eletrônica Aldeia Amazônica, ambos de Belém.

“Eu fiquei muito surpreso por ser escolhido o vencedor. Vi no site do prêmio os trabalhos concorrentes e achei o nível todo muito bom das fotos concorrentes. Eu sou paraense morando há dois anos e meio no Paraná e vejo como esse trabalho de vocês tem colocado o Pará em voga pela nossa cultura, culinária, ritmos e artesanatos diferenciados”, conta Anderson Coelho.

Logo em seguida, as atenções foram voltadas aos ganhadores da categoria Radiojornalismo. Edilene Mafra e Eliena Monteira venceram com o trabalho “Culinária paraense com sabores amazônicos agrada paladares exigentes” para a Rádio Amazonas FM, de Manaus (AM). Os outros dois trabalhos premiados são de produção local. Os segundos colocados foram Celso Luis Freire e Cira Pinheiro, da rádio O Liberal CBN, com “Conhecendo Belém gastando pouco”; e Cássia Nascimento, da Rádio Cultura do Pará, “subiu ao pódio” com a reportagem “Ritmos de Vigia”.
A categoria Webjornalismo contemplou a matéria “Belém do Pará: paisagens, cores e sabores que encantam”, do jornalista Bruno Magno para o Portal ORM, como o melhor trabalho. “Pará – Cenário de rara beleza – A joia da Amazônia”, de Jefferson Severino, para a Colunaonline, de Kobrasol (SC), conquistou o segundo lugar. Já Susana Barros, do portal Mearim, portal de notícias do Maranhão, levou o terceiro prêmio online com “Pará: Um estado de parar o coração”.

Bruno Magno falou do trabalho que lhe valeu o primeiro lugar: “Acho que a matéria ficou bem completa. Procurei ouvir tanto o setor público quanto o privado para mostrar quais as potencialidades de Belém e como podem ser exploradas pelo turismo”, disse. Ele também considera o prêmio um incentivo aos profissionais de imprensa. “O prêmio vem dinamizar e estimular o crescimento desse ramo profissional no mercado”, revela Bruno, que ao final da noite receberia também a homenagem da melhor matéria pelo Voto Popular, em enquete online no site do prêmio.

Já a categoria Jornalismo Impresso premiou até mesmo trabalho do exterior. A jornalista Danielle Zuquim Ribeiro Gonçalves levou o primeiro lugar com “Belém do Pará: Conheça a metrópole da Amazônia”, para a Revista Norte Brasil. As segundas colocadas foram Patricia Brito e Paula Ribeiro, da Revista UP de Lisboa (Portugal) com uma edição especial de nome “Belém do Pará”. Por fim, Débora Rubin de Toledo, da Revista Gol, de São Paulo (SP), levou o terceiro prêmio com a matéria “Mistura Fina”.

Última premiação da noite, a categoria Telejornalismo teve como grande destaque da noite a TV Cultura do Pará, que conquistou os dois primeiros lugares da premiação com dois documentários: “Pau e Corda: Histórias de Carimbó”, de Robson Fonseca, Felipe Marcos e André Mardock, seguido de “Beneditos”, de Lygia Rocha e Felipe Cortez. O programa Câmera Record, da emissora de São Paulo (SP), com a reportagem “Pará: Natureza, força e alegria” ficou em terceiro.

Ao todo, o Prêmio de Jornalismo em Turismo “Comendador Marques dos Reis” recebeu entre os trabalhos inscritos matérias e reportagens do Pará, São Paulo, Amazonas, Pernambuco, Tocantins, Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Paraná e Bahia, e de países como Alemanha e Portugal. Foram distribuídos R$ 115 mil em premiação, sendo R$ 10 mil aos primeiros colocados, R$ 8 mil a cada um dos segundos colocados e R$ 3 mil aos terceiros lugares.
Balanço Positivo
“O turismo é uma atividade tão importante e enriquecedora no estado”, avaliou o secretário Especial de Desenvolvimento Econômico e Incentivo à Produção, Sidney Rosa, que representou o governador Simão Jatene durante a solenidade, ao salientar a importância do prêmio. (Agência Pará)

Fifa nunca cogitou paralisar a Copa das Confederações por questão de segurança, diz Blatter

O presidente da Federação Internacional de Futebol (Fifa), Joseph Blatter, disse hoje (28) que a entidade não cogitou em nenhum momento a suspensão da Copa das Confederações, mesmo durante a intensificação das manifestações e das ações violentas de grupos de vândalos.

Blatter participou de coletiva de imprensa ao lado do ministro do Esporte, Aldo Rebelo. Os dois fizeram um balanço da competição até agora.

“A Fifa nunca teve dúvidas, com relação a este torneio, que ele pudesse ser paralisado ou mesmo que tivéssemos pensado em um plano B. Porque é uma questão de confiança no governo, mas também na população do Brasil, que gosta de futebol. Tenho certeza que a próxima Copa do Mundo será um sucesso. Eu acredito especialmente na organização da segurança”, disse o presidente da Fifa.

Um protesto organizado por meio das redes sociais está marcado para domingo (30), dia da final da Copa das Confederações. A passeata sairá da zona norte da cidade em direção ao Estádio Jornalista Mario Filho, o Maracanã, onde as seleções do Brasil e da Espanha decidem o título do torneio. O jogo está previsto para começar às 19h.

O ministro do Esporte ressaltou acreditar que as manifestações poderão ser feitas de forma pacífica. “Nós todos esperamos que as manifestações sejam pacíficas, embora isso nem sempre aconteça. Não creio que as manifestações tenham como objetivo impedir ou tumultuar os jogos. 

Às vezes marcam em um dia de jogo para dar mais protagonismo e visibilidade às reivindicações, mas não com objetivo de impedir a realização dos eventos”, disse Rebelo.

Também participaram da coletiva o presidente do Comitê Organizador da Copa das Confederações da, Jaques Anouma, o presidente do Comitê Organizador Local (COL) e da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), José Maria Marin, o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, e o executivo-chefe do Comitê Organizador Local, Ricardo Trade. 

Foi marcada outra entrevista à imprensa para a próxima segunda-feira (1º), no Hotel Copacabana Palace, quando será feita uma avaliação final da competição. (Agência Brasil)

Governo participa de Audiência Pública sobre semana estadual de Prevenção às Drogas

A audiência pública foi realizada na Câmara Municipal e teve como pauta a Semana Estadual de Prevenção às Drogas. 

As instituições destacaram a importância de ações repressivas por parte das polícias, mas concordaram em dizer que o envolvimento da família e o desenvolvimento de programas educacionais são estratégias mais eficazes, e que custam menos do ponto de vista econômico e social. 

Participaram do encontro instituições de combate e repressão ao uso e tráfico de drogas: Polícia Federal, agente Altair Evangelista, Polícia Civil, Delegado Nelson Silva e policiais militares coordenadoras do PROERD (Programa Educacional de Resistência às Drogas) desenvolvido nas escolas em combate a formação de novos usuários. 

Representando o Poder Executivo estavam a vice-prefeita, Maria José Maia, e a representante da Secretaria Municipal da Juventude Esporte e Lazer, Veida Almeida. 

Maria José Maia apresentou o Programa “Crack, é Possível Vencer”. O programa federal começou em 2011, mas Santarém aderiu ao programa este ano. De acordo com a vice-prefeita, os três primeiros passos foram cumpridos: formação do Comitê Gestor, pactuação de serviços e adesão ao Programa. 

A partir de julho começam a ser cumpridos dois passos: implantação de serviços, acompanhamento e monitoramento.

 Em Santarém, o “Programa Crack é Possível Vencer” integra ações de saúde, segurança pública, assistência social, direitos humanos e a criação de uma rede de serviços para atendimento de usuários e família. Para isso foram definidos eixos temáticos. No eixo cuidado, além de disponibilizar atendimento em saúde, é necessário envolver a família nas atividades do PAC. 

O eixo segurança é uma parceria entre os governos municipal, estadual e federal e prevê a instalação e equipamentos como 20 câmeras de segurança e videomonitoramento, além de planejamento estratégico e fortalecimento dos serviços de menor potencia ofensivo. Para o eixo autoridade está prevista a capacitação de policiais. 

No eixo prevenção foi definida a criação de um portal, um “Viva Voz” (disque 132) e aplicação de campanhas educativas preventivas. Os vereadores colocaram a Comissão de Direitos Humanos da Câmara à disposição do Comitê Gestor do programa para participar das ações.  CCOM/PREFEITURA DE SANTARÉM
 

TSE suspende efeitos contra mandato de Puty

O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Henrique Neves, suspendeu ontem sexta-feira (28) a cassação do deputado paraense Cláudio Puty (PT).

Puty era acusado de compra de votos, captação ilícita de sufrágio (voto emitido para a eleição de um candidato) e abuso de poder político durante a campanha eleitoral de 2010.

Na época, a Polícia Federal desmontou um esquema de corrupção que se instalou na Secretaria de Meio Ambiente do Pará. De acordo com a PF, houve troca da liberação de planos de manejo por votos. Ele era o secretário de Meio Ambiente da governadora Ana Júlia Carepa.

Como o petista recorreu da decisão original do TRE, Henrique Neves decidiu suspender a cassação até os recursos chegarem à corte superior. “Dessa forma, considerando que os recursos, em breve, chegarão ao Tribunal e, tão logo ocorra o pronunciamento da Procuradoria-Geral Eleitoral, tais apelos e os demais elementos de prova poderão ser mais bem analisados, entendo ser prudente suspender, por ora, os efeitos das decisões regionais”, definiu. (DOL)

Quase 200 projetos de lei para combate à corrupção estão engavetados no Congresso

A pesquisa dividiu as proposições em 15 temas gerais.
 As manifestações que tomaram às ruas nas últimas semanas por todos os cantos do País começaram a surtir efeito: 

tarifas de ônibus foram reduzidas em diversas cidades brasileiras, a presidente Dilma Rousseff abriu o diálogo com a classe política e com os principais líderes das manifestações, defendendo, inclusive, o combate à corrupção, e o Congresso Nacional anunciou uma agenda positiva de votação, com a aprovação no Senado do projeto de lei que torna a corrupção crime hediondo. 

No entanto, a proposta é apenas uma das mais de 145 para combate à corrupção que tramitam atualmente no Congresso Nacional desde pelo menos 1995 (109 projetos de lei da Câmara dos Deputados e 36 do Senado Federal).

Segundo levantamento da Frente Parlamentar Mista de Combate à Corrupção, coordenada pelo deputado federal Francisco Praciano (PT-AM), essas são as propostas "mais relevantes ou eficientes para o combate à corrupção", mas o número geral das que tratam sobre o tema pode chegar a 200. "São mais de 160 projetos prontos para serem votados. 

Há seis anos estou no comando dessa frente parlamentar, mas nunca vi nenhuma manifestação em favor desses projetos irem à votação no plenário, ao contrário, só iniciativas de resistência. E por trás dessa dificuldade de avanço, estão certamente esses parlamentares envolvidos em casos de corrupção. 

Minha decepção é grande, infelizmente, esse tipo de pauta não anda no Congresso Nacional. Quem sabe, agora, melhore, como resposta a essas manisfestações?", avalia Praciano.A pesquisa dividiu as proposições em 15 temas gerais e possui exatamente o objetivo de acelerar a tramitação das proposições relacionadas. De acordo com o relatório, entre 05 de abril de 2011 e 13 de maio de 2013, 11 proposições foram protocoladas, 66 receberam designação de relator, 48 receberam pareceres nas comissões, 21 foram votadas nas comissões, quatro receberam a redação final aprovada, uma teve comissão especial criada e duas foram arquivadas. O levantamento ainda aponta que quase metade delas estão engavetadas há mais de 10 anos. "Por isso é importante a sociedade exigir mudança. 

É a vontade popular que define, por isso eu elogio, não o vandalismo, mas o movimento hoje que nós estamos vivendo nesse País. Espero que os movimentos sejam só o começo, principalmente em relação ao voto. Levamos quase sete anos para julgar os casos de corrupção, como o Mensalão, mas a população tem a oportunidade de fazer isso de dois em dois anos. Por isso, precisa exercer a cidadania com qualidade", ressalta Praciano.

Na lista do deputado, entre os 15 projetos considerados prioritários está a proposta que cria varas especializadas para julgar ações de improbidade administrativa, a fim de que haja maior celeridade em processos judiciais no primeiro grau de jurisdição dos casos de corrupção (PEC 422/2005), de autoria do deputado Luiz Couto (PT-PB). 

Também consta a proposição que confere mais celeridade às ações penais contra funcionários públicos, priorizando o processo e o julgamento (PL 2193/2007). A proposta é da senadora Ideli Salvati, hoje ministra de Relações Institucionais. 

Nas indicações de Praciano constam ainda o projeto que tipifica o crime de enriquecimento ilícito quando o funcionário público possuir bens ou valores incompatíveis com sua renda (PL 5586/2005), proposto pelo Poder Executivo.

Estão listadas também a PEC 209/2003, que determina a realização de concursos públicos para a escolha dos Conselheiros dos TCEs, do Tribunal de Contas do DF e dos Conselhos de Contas dos municípios, e a PEC 189/2007, que estabelece novas formas de escolha e nomeação dos procuradores-gerais de justiça, abolindo a interferência do Poder Executivo na escolha do Procurador-Geral de Justiça.
Fim do voto secreto pode entrar na pauta
 A reivindicação das ruas para que seja abolido o voto secreto também foi citada na agenda positiva do Congresso.

 A PEC 349/2001, que altera a redação dos artigos 52, 53, 55 e 66 da Constituição Federal para abolir o voto secreto nas decisões da Câmara dos Deputados e do Senado Federal, entrou na lista entregue para a liderança do PT. 
Recente pesquisa mostra que há disposição política para que a proposta seja votada e aprovada, pelo menos no Senado Federal. Dentre os integrantes da bancada paraense, dois senadores se mostraram a favor do seu sucesso (Flexa Ribeiro e Mário Couto, ambos do PSDB). 

A única exceção do Estado foi o senador Jader Barbalho (PMDB).Conforme Praciano, a luta das ruas precisa se manifestar na vontade dos Três Poderes, que devem fazer um pacto pela moralidade. "Fico feliz que esses projetos entrem na ordem do dia e sejam votados. 

Estou feliz também porque a PEC 37 caiu em razão dos protestos da população, que precisa pedir mais. Se não houver mais luta, essas manifestações serão apenas mais um capítulo na história política do país", conclui.

O relatório da Frente de Combate à Corrupção apontou que entre os projetos que aguardam designação de relator nas Comissões, existem duas paradas há menos de seis meses e um engavetado há mais de três anos. 

Já entre as proposições que aguardam pareceres nas Comissões, 16 estão empacadas há menos de seis meses, três  entre seis meses e um ano, 18 entre um e três anos, e, sete há mais de três anos. 

As situações mais críticas, no entanto, são as das proposições que aguardam votação no Plenário: quatro não apresentaram movimentação entre um e três anos, 19 há mais de três anos e três há mais de 10 anos. 

Dentre as que aguardam votação nas Comissões, uma proposta está engavetada há menos de seis meses, seis proposições estão paradas entre seis meses e três anos, 15 entre um e três anos e dois projetos entre três e 10 anos.Fonte: O Liberal





MENSAGEM DO DIA

                                                                            Todos                  
                                                                 desejam ser livres.
                                                   Contudo, a maioria ama as grades
                                                              de sua própria prisão.
                                                     Ninguém pode julgar-se vacinado
                                                          contra as opiniões alheias.
                                                   A liberdade interior é uma conquista,
                                                          própria da pessoas adulta
                                                                    e responsável.
                                                     Ademais, se tiver Cristo libertador
                                                           como centro de sua vida,
                                                                   fique tranquilo,
                                                                 você conquistará
                                                           a plena liberdade interior.
                                                                    Pense nisso!
                                                         Bom dia extensivo à família. 

sexta-feira, 28 de junho de 2013

Tempo nublado e chuva predominam na região Norte, neste sábado

O TEMPO E A TEMPERATURA:

Neste sábado, o céu vai ficar nublado a parcialmente nublado com pancadas de chuva no Amazonas e no Amapá. Em Roraima, o tempo fica nublado a encoberto com pancadas de chuva. Em Tocantins e em Rondônia, o céu fica claro a parcialmente nublado. No Pará e no Acre, o sábado vai ser de tempo nublado a parcialmente nublado com chuva no estado acreano. A temperatura fica estável com mínima de 16 e máxima de 36 graus. As informações são do Instituto Nacional de Meteorologia.

PROVAB: Dentistas e enfermeiros já podem participar do programa neste ano

Os municípios brasileiros mais carentes de profissionais de saúde vão poder contar a partir de setembro com o trabalho de mil e quinhentos enfermeiros e dentistas. 
A estratégia faz parte do Provab, Programa de Valorização do Profissional da Atenção Básica do Ministério da Saúde. 

O objetivo do programa é melhorar a formação desses profissionais no Brasil, fazendo com que esses enfermeiros e dentistas conheçam a real necessidade da população brasileira. 

A iniciativa foi anunciada nesta terça-feira, em Brasília, pelo secretário de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Ministério da Saúde, Mozart Sales. Ele explica quais são os critérios para a adesão desses profissionais.

Fala secretário de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Ministério da Saúde, Mozart Sales
"Os enfermeiros são para os municípios que possuem médicos do Provab direcionado para a estratégia Saúde na Escola, em áreas prioritárias, capitais, regiões metropolitanas e população com mais de 100 mil habitantes. E os dentistas, para os municípios que possuem médicos do Provab direcionados para a estratégia Brasil Sorridente em áreas prioritárias, população rural, pobreza intermediaria e pobreza elevada".

 A aposentada Odete Pena, 70 anos, moradora da Ilha do Combú no Pará, precisava ir até a capital do estado para receber atendimento médico. Agora, com o Provab, ela comemora a chegada da assistência médica na própria cidade.

Fala aposentada – Odete Pena
"Melhorou muito, porque ele dar o encaminhamento e a gente faz os exames e leva para ele e ele dar o resultado. Mas melhorou muito. Graças a Deus está muito bom".

Os dentistas e enfermeiros que aderirem ao Provab também vão se especializar nos serviços essenciais à saúde, como comenta o secretário de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde, Mozart Sales.
  
Fala secretário de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Ministério da Saúde, Mozart Sales
"Todos eles irão realizar especialização em Atenção Básica pelo sistema UnaSUS. Portanto sairão certificados ao final como especialistas em atenção básica. E vão estar sendo adicionados aos recursos humanos já existes hoje nesses programas específicos. Reforçando a atuação dos municípios nessas áreas do Saúde na Escola e no Brasil Sorridente".

 Os enfermeiros e dentistas interessados em aderir ao Provab devem acessar o edital que estará disponível na internet, a partir do mês de julho. O endereço é www.saude.gov.br. 
(Agência do Rádio)