Coluna 1

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

TJPA instala em Santarém mais um Centro de Solução de Conflitos

A desembargadora Nadja Nascimento, presidente do TJPA (Tribunal de Justiça do Pará) instala em Santarém, esta semana, mais um Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc). Esta será a sexta unidade do Cejusc no Pará: três funcionam na capital, uma em Paragominas e outra em Abaetetuba, todas instaladas em 2014.
A solenidade de instalação acontecerá na sexta-feira (23/01), no Fórum de Santarém, com a presença da desembargadora Dahil Paraense, coordenadora do Nupemec - Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos, que coordena o trabalho nas unidades do Cejusc do TJPA.

Solução – A instalação dos centros faz parte da resolução 125(29/11/2010) do CNJ – Conselho Nacional de Justiça, que dispõe sobre a Política Judiciária Nacional de tratamento adequado dos conflitos de interesses no Judiciário e visa diminuir o número de processos em tramitação. Segundo a desembargadora, o que se pretende com essa política é “solucionar conflitos por meio do diálogo, evitando que se transformem em processos judiciais”.

Até o final do ano passado, segundo ela, tramitavam nas Varas Judiciárias do Pará mais de um milhão e duzentos mil processos, divididos entre 323 juízes de 111 Comarcas. “A sociedade quer decisões mais rápidas e efetivas do Judiciário”, diz a presidente do TJPA.

O Cejusc de Santarém funcionará na antiga biblioteca do Fórum, no corredor de entrada do prédio e deverá ter um(a) magistrado(a) na coordenação, e mais equipe técnica. (Jota Ninos)

Serviço: Instalação do Cejusc/Santarém
Dia e hora: 23/01/2014, às 09h00
Local: Fórum de Santarém

Nenhum comentário:

Postar um comentário