Coluna 1

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Trabalhadores em educação fazem greve de fome em Alenquer

Oito trabalhadores em educação do município de Alenquer, no oeste paraense, realizam uma greve de fome desde a manhã de segunda-feira (26) contra os salários atrasados de dezembro no município. 

O protesto está sendo realizado no Fórum da cidade e também é acompanhado por outros trabalhadores. A categoria também teme que o salário de janeiro, que deve ser pago até o dia 30, não seja efetuado. Pelo menos 1.300 trabalhadores estão sem receber.

De acordo com a servidora Idalina Repolho, a greve de fome foi uma forma de pressionar uma negociação com a administração municipal. A medida foi deliberada durante assembleia realizada no último dia 21. 

Os trabalhadores disseram que a prefeitura não estaria negociando com a categoria. Por causa do protesto, as aulas estão suspensas no município.

Na manhã de hoje, o promotor de justiça do município, Adleer Calderaro, realiza uma reunião para ouvir a categoria. O ORM News tenta contato com a prefeitura de Alenquer.
(Redação ORM News)

Nenhum comentário:

Postar um comentário