Coluna 1

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Paysandu anuncia demissão do treinador Sidney Moraes

Após garantir a classificação à segunda fase da Copa Verde, no sábado (21), Sidney Moraes teve sua demissão anunciada pelo Paysandu Sport Club. O motivo foi a falta de acordo entre o então comandante do time e o presidente do clube, Alberto Maia, acerca da dispensa de um dos integrantes da comissão técnica. 

Em entrevista ao site bicolor, Sidney Moraes contou que recebeu o pedido de Maia e respondeu dizendo que não o acataria por confiar em todos seus companheiros de comissão.

Em contrapartida, o mandatário declarou que, sendo assim, teria de trocar toda a comissão técnica, inclusive o treinador. Então os dois entraram em acordo anunciado o fim do ciclo de Moraes no Papão.

Sidney Moraes, que já tinha sido procurado pelo Papão desde 2013, chegou à Curuzu ainda no final de 2014 e se reapresentou no dia 5 de janeiro deste ano com o elenco. Ao fodo, esteve à beira do gramado com o uniforme do Clube de Suísso em seis oportunidades, vencendo duas, empatando uma e perdendo três, sendo uma para o Remo, nos pênaltis, após o empate em 0 a 0, no tempo regulamentar. 

Com estes resultados, foi eliminado na extinta e polêmica Copa Amazônia e também na fase classificatória do primeiro turno. Por outro lado, classificou o clube à segunda fase da Copa Verde.

Nesta quarta-feira (25), o Paysandu voltará a campo para enfrentar o Paragominas, às 20h30, na Arena Verde, para cumprir tabela na última rodada da fase classificatória do primeiro turno, e será comandado por Rogerinho Gameleira.(ORM News)

Nenhum comentário:

Postar um comentário