Coluna 1

quinta-feira, 23 de abril de 2015

Papão empata, vence nos pênaltis e está na final do turno

‘Se fosse fácil, não seria o Paysandu’. A frase cantada em verso e prosa pela torcida do Paysandu se repetiu na semifinal do segundo turno do Campeonato Paraense, contra o Parauapebas, no Mangueirão. Após empate em 0 a 0, Bicola e Pebas foram para as decisões de pênaltis, mas, diferente da Copa Verde, com final feliz para o Papão.

No tempo regulamentar, a equipe do técnico Dado Cavalcanti jogou mal. Sob vaias do torcedor em vários momentos e até grito de ‘burro’ para o treinador, o Paysandu pressionou sem organização, sendo alvo de ataques perigosos do Parauapebas. De quebra, no fim, o atacante Bruno Veiga foi expulso e desfalca a equipe na final.

Nas cobranças de pênalti, porém, a trave e o goleiro Emerson foram felizes nas cobranças de Dedeco e Magno, dos visitantes. O volante Augusto Recife também perdeu, mas contou com a precisão dos companheiros, que colocaram a bola para dentro e classificaram o time.

Agora, a final promete ser das mais quente contra o Clube do Remo, valendo título da Taça Estado do Pará, vagas na Copa Verde e Copa do Brasil 2015, além do sonho azulino de avançar para o Campeonato Brasileiro da Série D. Este jogo, no domingo (26), terá o acompanhamento lance a lance do Portal ORM News!

Nenhum comentário:

Postar um comentário