terça-feira, 22 de setembro de 2015

Pará vai receber empreendimento da Total Brasil

O Pará vai receber a base operacional da quarta maior empresa privada de petróleo e gás do mundo e uma das principais operadoras nas áreas de gás natural, refino, produtos petroquímicos e varejo de combustível e lubrificantes. O diretor geral do Grupo Total E&P (Exploração e Produção) do Brasil, Maxime Rabilloud, esteve com o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Adnan Demachki, para anunciar a instalação do escritório administrativo em Belém, concentrando a gestão empresarial na capital paraense. As operações físicas estão previstas para o próximo ano na área litorânea dos Estados do Pará e Amapá.

Demachki observou que a instalação de um novo empreendimento no Estado, ainda que com operações na costa atlântica, no atual cenário econômico de crise nacional, sinaliza a importância de investir em políticas que garantam a viabilização de investimentos no Estado e firmou compromissos com a Total para apoiá-la de forma institucional.

A Total E&P Brasil é a subsidiária do Grupo Total, que atua no setor de Exploração e Produção de óleo e gás brasileiro. Através dela, o grupo está aumentando a sua presença e investimentos no Brasil, considerado uma importante região para a sua estratégia global de crescimento.

Compromisso
A empresa já tem operações em mais de 130 países. “Temos compromisso com o desenvolvimento local. O que for possível realizar para valorizar fornecedores e serviços do Pará, nós o faremos’’, disse o diretor geral do Grupo, Maxime Rabilloud. De início, a Total Brasil demandará expressivo fornecimento de óleo diesel e de água, para o funcionamento de balsas e embarcações utilizadas no transporte de máquinas, equipamentos e insumos, necessários para operação em alto-mar, entre outros produtos.

O novo empreendimento além de aquecer a economia regional, alavancará o mercado potencializando outros nichos de negócios, de fornecedores a empresas terceirizadas, passando pela geração de postos de trabalho decorrentes de atividades relacionadas à produção de óleo e gás naturais, entre outros.

Gestão ambiental
Preocupada com sua gestão ambiental, a Total Brasil também quer formalizar parcerias para o descarte e reutilização responsável dos resíduos resultantes de sua operação, a exemplo de materiais metálicos e plásticos. “Estaremos atuando em plena Amazônia, portanto, é vital, para nós o respeito a esse patrimônio natural’’, disse Maxime. “Nosso desafio é fortalecer os investimentos no Pará. Garantir um ambiente jurídico seguro aliado à uma política de apoiamento ao setor produtivo, é fundamental para o Estado se manter competitivo", frisou Adnan Demachki.

O diretor geral da Total Brasil esteve acompanhado do diretor para assuntos corporativos e do gerente de higiene e segurança da empresa, respectivamente Ulisses Martins e Cláudio Costa. A equipe foi recepcionada pelo secretário Adnan Demachki e pelo diretor de Energia da Sedeme, Cláudio Conde.
Valéria Nascimento - Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia
Agência Pará de Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário