sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Ponte sobre o Rio Curuá traz melhorias para moradores de Alenquer

O município de Alenquer, no oeste do Pará, receberá oficialmente neste sábado (26), às 10h30, a inauguração da ponte sobre o Rio Curuá, obra do Governo do Estado do Pará, que terá a presença do governador Simão Jatene ao lado de prefeitos da região. A ponte teve investimento de R$ 13.789.813,11, e possui uma estrutura de 370 metros de extensão e aproximadamente nove metros de largura, permitindo a integração de Alenquer com outros municípios da região, de Prainha até Oriximiná, além de viabilizar o escoamento da produção agrícola e extrativista dos municípios que integram a Calha Norte.

A população de Alenquer e das comunidades próximas a ponte localizada na rodovia PA-254 já sentem o impacto positivo da ponte que garantiu a mobilidade dos moradores que antes dependiam apenas da travessia de balsa. De acordo com a própria população, a demora das balsas prejudicava o escoamento da produção agropecuária das comunidades, a travessia de ônibus de passageiros e escolares, além de dificultar o acesso das vilas rurais ao centro da cidade.

Morador de Alenquer há 42 anos, o motorista Valdo Ramos relata as dificuldades enfrentadas no período antes da ponte e se mostra otimista em relação as novas oportunidades de trabalho que a obra trará para o seu negócio de frete. “Antes a gente tinha uma grande dificuldade para conseguir atravessar porque ficávamos sempre na mão dos balseiros. 

Depois das 19h ninguém conseguia atravessar e a gente tinha que ficar na beira até amanhecer o dia. Hoje, graças a essa obra do governo a gente pode passar tranquilamente sem depender de ninguém. Eu já posso pegar fretes para o município de Óbidos e outros lugares que antes a gente não podia. Com certeza esta obra será boa pra muitas pessoas aqui da região”, diz o motorista.

Quem também comemora a melhoria que a ponte trará ao município é o professor de geografia e história da rede municipal, Jedson Stone Sampaio. Ele trabalha na comunidade rural de Novo Horizonte, considerada uma das mais distantes do município, há 90 quilômetros do centro de Alenquer. Todos os dias ele esperava horas até conseguir atravessar o rio Curuá. Muitas vezes, mesmo que conseguisse atravessar, alguns alunos não conseguiam chegar a tempo em sala de aula.

“Antes dessa ponte a gente tinha uma dificuldade imensa, principalmente a comunidade do Currutela, que mora ali perto. A ponte de madeira não durou muito e quando desabou a dificuldade aumentou ainda mais por causa das balsas que eram precárias e dificultava todo tipo de transporte, inclusive dos alunos”, relembra o professor.

Para Jedson, a ponte já representa uma revolução para o desenvolvimento do município. “A gente tem certeza que essa ponte vai nos ajudar muito, seja no transporte das pessoas ou no escoamento da nossa produção que era muito prejudicado. O governo do Estado realmente se preocupou com a nossa cidade e a partir daí, a gente só tem a crescer, principalmente quando melhorarem as nossas estradas”, detalha.

PA-255 e PA-254 - A pavimentação da PA-255 foi dividida em dois lotes. De acordo com a Secretaria de Estado de Transportes (Setran), o primeiro deles deve ser entregue em novembro e o segundo até o final do ano. O primeiro vai de Monte Alegre até a vila do Mururu, e corresponde a 41 km. O segundo lote inicia na Vila do Mururu e segue até o porto de Santana do Tapará. Já na PA-254, a Setran tem trabalhado com a terraplanagem para melhorar as condições da estrada de terra, que se prolonga até o município de Oriximiná.
Diego Andrade - Secretaria de Estado de Comunicação
Agência Pará de Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário