quarta-feira, 7 de outubro de 2015

Com um expulso para cada, Paysandu e Bahia empatam em Belém

Se a recomendação da FIFA é para a arbitragem ser rigorosa ao extremo no futebol, o jogo entre Paysandu e Bahia, pela 30ª rodada da Série B do campeonato brasileiro, foi um exemplo disso. Com uma expulsão para cada time e sete cartões amarelos, a arbitragem foi o centro das atenções no empate em 0 a 0 sobre o gramado do Mangueirão.

Depois de distribuir três cartões amarelos para o Bahia no primeiro tempo, o árbitro Elmo Alves Resende Cunha - GO (ESP-2) surpreendeu grande parte dos mais de 11 mil espectadores ao expulsar o lateral direito Yago Pikachu por conta de um 'encontrão' nas costas do atacante João Paulo da Penha e, ao invés da falta, ter assinalado o lateral para o Baêa. Isto aos dois minutos do segundo tempo.

Já aos 34, o meia Tiago Real, que também não havia sofrido advertência com cartão amarelo, cortou um contra golpe bicolor ainda no campo de ataque do Bahia e recebeu o vermelho direto.

O jogo ficou aberto, mas as duas equipes demonstraram cansaço e pouco produziram em campo, sacramentando o placar zerado no Olímpico do Pará. Na próxima rodada, no outro sábado (17), o Paysandu recebe o Macaé, às 21h, já depois de o Bahia ter visitado o Oeste, em Osasco (SP), às 16h30 do mesmo dia. (ORM News)

Nenhum comentário:

Postar um comentário