quinta-feira, 22 de outubro de 2015

TRABALHO: Taxa de desemprego é a maior dos últimos seis anos no país, de acordo com IBGE

Rendimento do salário do trabalhador cai pelo oitavo mês consecutivo e mais pessoas estão procurando lugar no mercado.Tudo isso graças a incompetência da presidente Dilma. O povo brasileiro não está mais aguentando.

 REPÓRTER: A taxa de desemprego no país atingiu quase oito por cento em setembro, em comparação ao mesmo período do ano passado. O número é o maior dos últimos seis anos, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o IBGE. Entre janeiro e setembro deste ano, a taxa de desocupação aumentou em quase 37 por cento, em comparação com os oito primeiros meses de 2014.

Os motivos são a desaceleração da economia que levou as indústrias a dispensar trabalhadores, a queda do poder de compra do salário do trabalhador e o aumento da procura por empregos por pessoas que não estavam no mercado, como explica a técnica de Rendimento e Trabalho do IBGE, Adriana Araújo.

Fala técnica de Rendimento e Trabalho do IBGE, Adriana Araújo
“Ainda que, você tenha a queda da ocupação, ou seja, não necessariamente só aquele que perdeu o emprego é que está agora procurando trabalho. Então, até mesmo membros do domicílio que antes não estavam tomando uma providência para conseguir um trabalho passam agora a exercer essa pressão.”

REPÓRTER: Ainda de acordo com o IBGE, o rendimento médio do salário do trabalhador caiu pelo oitavo mês consecutivo. Em setembro, a queda foi de quase um por cento, em comparação com agosto, com valor médio de dois mil 179 Reais. Em relação a setembro do ano passado, a queda no rendimento do salário foi de quase cinco por cento.
Reportagem, Cristiano Carlos - Agência do Rádio

Nenhum comentário:

Postar um comentário