terça-feira, 8 de dezembro de 2015

Corrupção: Santarém terá coleta de assinaturas para combate ao crime

Nesta quarta-feira (09), Dia Internacional Contra a Corrupção, equipes do Ministério Público Federal (MPF) e do Ministério Público do Pará (MP/PA) das regiões oeste e sudoeste do Estado vão realizar em Santarém o Dia D de coleta de assinaturas da campanha Dez Medidas Contra a Corrupção. O evento será encerrado às 17 horas, com uma solenidade na sede do MPF em Santarém (avenida Cuiabá, 974, bairro Salé) para apresentação do resultado parcial da campanha na região.

O mutirão será feito das 10 às 14 horas no shopping Paraíso (avenida Mendonça Furtado, 3551). O objetivo é aumentar ainda mais a participação do oeste do Estado na campanha.
 Atualmente o oeste paraense e a região metropolitana lideram o número de assinaturas coletadas no Pará.

A campanha busca coletar 1,5 milhão de assinaturas em todo o país para levar à Câmara dos Deputados projeto de lei elaborado pela força-tarefa do MPF para a operação Lava Jato. O projeto aumenta as penas para o crime de corrupção e permite mais eficiência no confisco de bens de corruptos, entre outras mudanças legislativas.

Em menos de quatro meses de campanha já são mais de 60 instituições apoiadoras no Estado e mais de 11 mil assinaturas coletadas, em um total de 740 apoiadores oficiais e 835 mil apoiamentos contabilizados em todo o país até esta segunda-feira, 7 de dezembro.

O Dia D Contra a Corrupção em Santarém complementa uma série de atividades que começaram com a eleição da campanha como tema do Círio Social deste ano no município. Além da parceria da Diocese de Santarém, a campanha ganhou apoio e voluntários da Faculdades Integradas do Tapajós / Universidade da Amazônia (Fit/Unama).

Como apoiar - Caso você não seja de Santarém ou não possa comparecer aos eventos do Dia D para registrar sua assinatura, para apoiar a proposta de mudança nas leis basta fazer o download da ficha de assinaturas no site www.dezmedidas.mpf.mp.br , preencher a ficha, assiná-la e encaminhá-la a uma das unidades do MPF, Ministério Público do Estado do Pará ou instituições apoiadoras. Os endereços do MPF estão no site da campanha.
 ORM News com informações do MPF

Nenhum comentário:

Postar um comentário