quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Zoológico de Santarém já resgatou 65 peixes-boi desde 2008

O zoológico de Santarém, no oeste do Pará, já resgatou 65 peixes-boi desde 2008. Os animais foram resgatados em diversos municípios do oeste do estado: Santarém, Óbidos, Alenquer, Monte alegre, Oriximiná, Prainha, Terra Santa e Belterra. Segundo o veterinário do zoológico, Jairo Moura, a maioria dos peixes-boi resgatados é filhote órfão. Geralmente, os animais estão desidratados e com ferimentos. Alguns não resistem e morrem. “A fêmea adulta é vítima de caça e os filhotes ficam sós, sem orientação. 

Os animais são encontrados às margens dos rios e lagos da região.
Ao chegarem às dependências internas do zoológico, estes animais recebem cuidados da equipe técnica multidisciplinar (profissionais da veterinária e biologia) através de uma dieta láctea acrescida de macrófitas aquáticas, óleo de canola, suplementos vitamínicos e quando necessário antibióticos e anti-inflamatórios”, explica.

Durante a fase de crescimento dos animais,  o zoológico substitui gradativamente o leite e o aumenta a quantidade de plantas aquáticas. “A espécie mama até os dois anos de idade. Com esta idade, os animais ‘desmamados’ são transferidos para uma base flutuante situada na comunidade Igarapé do Costa a fim de que haja o período de aclimatação com o ambiente natural. Neste contexto, quatro animais estão sendo preparados para futura reintegração ao rio”, conta o veterinário.

Resgate mais recente
O último resgate feito pelo zoológico, sendo o primeiro de 2016, foi de um peixe-boi filhote, que é uma fêmea de 81cm e 8,900 kg. O animal foi resgatado pela equipe do zoológico, na comunidade do Piracãoera, na terça-feira (5).
A equipe identificou que o filhote estava com ferimentos e vestígios de cordão umbilical. Ainda de acordo com zoológico, o animal deve ter quatro semanas de vida.         

Outros resgates
No dia 8 de abril de 2015, um filhote de peixe-boi foi resgatado por biólogos do zoológico de Santarém, na comunidade Costa do Tapará.
Também no mês de abril de 2015, três peixes-boi, que estavam sendo cuidados pelo zoológico da cidade, foram devolvidos à natureza. Eles foram apelidados carinhosamente de Chimanga, Bolinha e Guerreiro.

Além de levar animais para o zoológico, a equipe de profissionais também realiza atendimentos, como ocorrido em dezembro de 2015, quando um peixe-boi macho de 2,10 metros foi resgatado de um lago da comunidade Arapixi, município de Alenquer. Ele foi levado para outro lago na mesma comunidade. Na seca do lago o animal ficou encalhado. Segundo o coordenador do zoológico de Santarém, biólogo Sidcley Matos, caso não houvesse o regaste ele morreria. (G1 Santarém)

Nenhum comentário:

Postar um comentário