sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Santarém: Farmácia é interditada por venda de medicamentos vencidos

Com apoio da Polícia Militar, a Vigilância Sanitária de Santarém, no oeste do Pará, interditou ontem quinta-feira (4) uma farmácia no bairro Santarenzinho. De acordo com o órgão, o estabelecimento possuía medicamentos vencidos, alguns sem a documentação obrigatória e sem autorização da vigilância para venda.

A equipe de fiscalização chegou ao local após denúncia anônima de possíveis irregularidades. Durante a vistoria foram apreendidos mais de dez tipos de produtos entre medicamentos e cosméticos.

A Vigilância encontrou também um produto utilizado para emagrecer que estava sendo 
vendido sem autorização. Segundo farmacêutica da vigilância, Hilda Vasconcelos, a venda desse produto sem permissão pode resultar em prisão. 'Para venda tem que ter notificação de receita, é preciso de todo um procedimento', explicou.

De acordo com a farmacêutica, a dona da farmácia informou que não sabia sobre os produtos vencidos. 'Ela disse que eram para uso pessoal, mas pela quantidade dava para saber que não era de uso pessoal, eram mais de dez caixas. A legislação exige uma certa quantidade'.

Punições
O órgão fez o auto de infração. A proprietária responderá um processo administrativo e ainda pagará multa a ser estipulada pela vigilância. 'A farmácia ficará interditada até que se regularize', garantiu Hilda. (G1 Santarém)

Nenhum comentário:

Postar um comentário