quarta-feira, 23 de março de 2016

Senador Jader Barbalho recebeu R$ 400 mil da Odebrecht

O senador Jader Barbalho (PMDB-PA) recebeu R$ 400 mil da Odebrecht. O valor do repasse está listado em uma planilha apreendida pela Polícia Federal na 23ª fase da operação Lava Jato, denominada 'Acarajé'. A planilha foi encontrada na residência do presidente da Odebrecht Infraestrutura, Benedicto Barbosa Silva Júnior, conhecido como 'BJ', no último dia 22 de fevereiro. A listagem encontrada na casa do executivo traz dois pagamentos a Jader nas eleições de 2010. O primeiro datado do dia 26 de setembro de 2010, mostra o valor estimado de R$ 300 mil e o pagamento de R$ 240 mil. Já o pagamento anotado no dia 1º de outubro de 2010, mostra que o senador recebeu R$ 160 mil de R$ 200 mil estimado na planilha. O total estimado era de R$ 500 mil.

As datas dos pagamentos coincidem com o período da campanha de Jader ao Senado em 2010. Na época, o senador se elegeu com 1.799.762 votos, mas foi considerado inelegível com base na lei da Ficha Limpa.

Além do senador, fazem parte da lista outros nomes do PMDB como Eduardo Cunha, Romero Jucá e Eduardo Paes. Os documentos, no entanto, não trazem indicativos de serem doações regulares registradas no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ou se são fruto de caixa dois. O material divulgado ainda não foi analisado oela Polícia Federal. 
O juiz Sérgio Moro decretou no início da tarde desta quarta-feira (23), o sigilo da planilha da Odebrecht. Os documentos citam pagamentos feitos a mais de 200 políticos de 18 partidos.
(ORM News)

Nenhum comentário:

Postar um comentário