sexta-feira, 18 de março de 2016

Thiaguinho e mais famosos criticam posse de Lula como ministro: 'Vergonhoso'

'Quando meu contrato acabar vou embora do Brasil', diz Nivea Stelmann. Vários famosos criticaram a posse de Lula como novo ministro da Casa Civil no final da manhã de ontem quinta-feira (17), usando as redes sociais. Tal fato já havia ocorrido há duas semanas quando o ex-presidente foi obrigado a prestar depoimento na 24ª fase da Operação Lava Jato. "Que vergonha disso tudo... Meu Deus! Tudo, tá! É muito triste e vergonhoso. Nojento. Sem mais", desabafou Thiaguinho.
Camila Queiroz também se pronunciou. "Indignada com a situação do nosso país. Aonde vamos parar? Mal consegui dormir essa noite pensando nisso. O que será de nós? O que será do povo? (...) Não vou me calar por ser uma pessoa púbica. Porque antes de ser uma pessoa púbica, eu sou brasileira!", escreveu a intérprete da Mafalda de "Eta Mundo Bom!", chamada de Angel por Serginho Groisman.

Por volta das 11h45, o juiz federal tagiba Cata Preta Neto, da 4ª Vara do Distrito Federal, determinou a suspenção da posse de Lula. A medida tem aplicação imédita, mas cabe recurso a ser decidido pelo TRF-1ª Região.

'Vou embora do Brasil', diz Nivea Stelmann
Ticiane Pinheiro compartilhou foto ao lado de Ana Hickmann, Cesar Filho e da equipe do programa "Hoje em Dia". "Luto pelo momento que nós brasileiros estamos vivendo", legendou a apresentadora comparada à mãe, Helô Pinheiro, pela semelhança física. Na imagem, todos aparecem de camisas negras. 

A mulher do empresário Alexandre Corrêa - de quem ganhou uma homenagem no programa de Xuxa - postou foto semelhante, mas não escreveu nada.Escalada para a novela "A Terra Prometida", Nivea Stelmann também colocou uma camiseta preta: "Coração triste. Muita decepção. 

Não sobra um". A atriz disse ainda que vai deixar o Brasil. "Quando meu contrato acabar vou embora", escreveu. Grávida de seu segundo filho, Antonia Fontenelle também comentou o atual momento político brasileiro: "País em colapso. Não sabemos como será o amanhã". (msn)

Nenhum comentário:

Postar um comentário