quarta-feira, 20 de abril de 2016

Governo do Pará garante concurso público para área de segurança

Diante do quadro de contenção de despesas e do esforço constante para manutenção do pagamento em dia dos salários dos servidores estaduais, além do enquadramento previsto pela Lei de Responsabilidade Fiscal, o Governo do Pará garante a realização, neste ano, dos concursos para preenchimento de vagas na área de segurança pública. Os outros certames anunciados para 2016 estão sendo reavaliados. Assim que o orçamento estadual permita, dentro dos limites legais, todos serão realizados, garantiu o governador
Simão Jatene durante entrevista coletiva na Casa Civil da Governadoria, da qual também participaram Alice Vianna, secretária de Estado de Administração, e José Megale, chefe da Casa Civil.

Sobre a necessidade de ajuste no cronograma dos concursos anunciados para este ano, o governador Simão Jatene explicou o motivo que obrigou o governo a adotar esta medida. “Todos nós sabemos que a segurança é uma área crítica, e que no momento de crise se torna mais crítica ainda com o avanço do desemprego, com o avanço da redução da renda das famílias. Então, nesse momento, esses concursos estão preservados”, garantiu o governador.

Os editais dos concursos da área de segurança devem ser lançados até o final deste semestre. Segundo Simão Jatene, o edital do certame que ampliará os quadros da Polícia Militar deverá sair em maio. “A gente espera já colocar o edital na rua, para que possamos logo realizar este concurso”, concluiu.

Serão ofertadas 2.194 vagas para a Polícia Militar e 650 vagas para a Polícia Civil. Para a PM as vagas são distribuídas da seguinte forma: 2.000 para soldados, 160 para oficiais, oito para 1º tenente oficial complementar e 26 para 1º tenente oficial de saúde. O concurso para a Polícia Civil ofertará 650 vagas, sendo 150 vagas para delegado, 300 para investigador, 180 para escrivão e 20 para papiloscopista.

Remuneração - Os salários para cargos de nível médio variam entre R$ 815,00 e R$ 1.200,00; e os de nível superior ficam entre R$ 2.727,00 e R$ 3.247,00. Para policiais civis aprovados para as funções de investigador, escrivão e papiloscopista o salário inicial é de R$ 4.896,00, enquanto para delegado os vencimentos ficam em R$ 11.500,00. 

Na Polícia Militar, o salário inicial dos soldados, acrescido dos benefícios, totaliza R$ 2.836,00; para oficiais combatentes o salário inicial é de R$ 3.980,00, e para os oficiais complementares chega a R$ 5.859,00.

No início deste ano, o governo do Estado realizou o concurso para o Corpo de Bombeiros Militar, ofertando 330 vagas, sendo 300 para soldado e 30 para oficiais, com remunerações que variam de R$ 1.005,71 a R$ 5.469,59. Desde 2011, o Pará já efetivou aproximadamente 14 mil concursados.
 Bianca Teixeira - Secretaria de Estado de Comunicação
Agência Pará de Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário