segunda-feira, 18 de abril de 2016

Mais da metade dos municípios do Pará já vacina contra a gripe

 Grávida do primeiro filho, Luciana Negrão, 20 anos, foi uma das primeiras pessoas a procurar o posto de saúde da Pedreira, na manhã desta segunda-feira (18), para receber a vacina contra a gripe. “Vim alertada pelas campanhas que eu vi pela televisão. Fiz questão de vir logo no primeiro dia, para eu ficar mais tranquila e preservar a saúde do meu bebê”, disse a estudante. Segundo a determinação da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), que recebeu 50% das doses enviadas pelo Ministério da Saúde e já distribuiu a vacina para 81 dos 144 municípios paraenses, foi iniciada hoje a campanha de vacinação contra a gripe em mais da metade dos municípios do Estado.

O dia D da campanha de vacinação nacional está mantido para o Pará e outros estados para 30 de abril, quando as secretarias municipais de saúde disponibilizarão as doses nas Unidades Básicas e em outros locais abertos especificamente para a ocasião (postos volantes) como centros comunitários, salões paroquiais, shoppings, supermercados e praças. 
Mas a antecipação da vacina aconteceu pela necessidade da imunização em grupos de risco, como grávidas, crianças de 6 meses à 5 anos, diabéticos, asmáticos, doentes cardíacos e pessoas que convivem em penitenciárias e hospitais.

Quarenta e oito postos de saúde em Belém estão disponibilizando as vacinas, das 8h às 17h, sem intervalo de almoço, para quem trouxer o laudo médico acusando a necessidade da imunização contra o vírus, além das crianças de 6 meses à 5 anos e idosos acima de 60, que não necessitam de laudo. O prazo para a vacinação contra a gripe vai até o dia 20 de maio e a vacina imuniza 15 dias após a aplicação.

Um dos centros mais procurados para a vacinação nesta segunda-feira foi o Posto de Saúde da Pedreira. “Fomos avisados com antecedência pela Sespa e conseguimos nos organizar e estruturar para receber a população. Imaginávamos uma média de 450 a 500 pessoas por dia, mas acreditamos que vamos receber mais de mil pessoas somente no dia de hoje”, disse Fabiano Barbosa, diretor do Posto. 

Ele tranquiliza a população e esclarece que: “não existe risco de ninguém ficar sem a vacina, já que ela é reposta em torno de 30% pela Secretaria de Estado de Saúde, a cada demanda saída, e ela nos abastece prontamente”.

Regiane do Socorro, dona de casa, 44 anos, levou a mãe idosa para tomar a vacina. Ela vai viajar para São Paulo, onde já foram confirmadas 91 mortes por causa do vírus Influenza, e aproveitou para tomar a vacina, já que ela faz parte do grupo de risco por ser  asmática. 

“Acho fundamental as pessoas se cuidarem logo, porque doença não espera, quando tem que pegar, pega mesmo”, disse a dona de casa. Regiane levou a mãe ao Posto de Saúde do Marco, que tem um atendimento um pouco diferente. Funciona das 8h às 12h e tem um intervalo para a limpeza e troca de plantão e volta das 13h30 às 17h. “Em uma hora de atendimento, 67 pessoas receberam a vacina”, disse a enfermeira Josiane Oliveira.

O público alvo da campanha no Pará soma 1.704.531 pessoas, e a meta é imunizar, no mínimo, 80% desse quantitativo. No Estado, serão 2.506 postos de vacinação fixos, além de 390 volantes e 62 fluviais, com 21.350 pessoas envolvidas, incluindo 2.048 equipes de vacinação. Além de 650 carros, também estarão disponíveis para a campanha, 42 barcos, 16 voadeiras e 29 motocicletas.

Hemopa - A Fundação Centro de Hemoterapia e Hematologia do Pará  (Hemopa) também deu início hoje a campanha de vacinação “Trivalente” contra gripe que garante imunidade contra os vírus Influenza B, H1N1 e a H3N2. A ação está sendo organizada pelo Serviço de Assistência à Saúde do Servidor (Sass), se estenderá até amanhã, 19, sempre das 8h às 16h para servidores do Hemocentro Coordenador, em Belém, que possui 681 funcionários, entre as áreas Técnica e Administrativa. A meta é de imunização total do quadro funcional do hemocentro.
(Com informações de Vera Rojas – Ascom Hemopa)
Syanne Neno - Secretaria de Estado de Comunicação
Agência Pará de Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário