quarta-feira, 11 de maio de 2016

Alunos de Biologia da FIT /UNAMA desenvolvem projeto interdisciplinar de educação ambiental

O Projeto interdisciplinar envolve educação ambiental com foco em hortaliças, parasitoses e animais peçonhentos
 O Projeto interdisciplinar se caracteriza na interdisciplinaridade, que proporciona a interação entre o homem e suas diversas formas de conhecimento, criando maneiras de agregar profissionais de diversas áreas de forma unificada na integração dos saberes trabalhados em salas de aula, laboratórios e na produção de conhecimento científico.
Partindo deste princípio, acadêmicos do 5° semestre do curso de Ciências Biológicas da FIT/UNAMA, na disciplina Tópicos Integradores, desenvolveram um ciclo de atividades e ações na Escola Municipal Frei Miguel, com o objetivo de orientar e conscientizar os alunos sobre a importância da alimentação saudável, educação ambiental, parasitoses e animais peçonhentos. 
 
O projeto também será realizado em algumas escolas de ensino fundamental e médio do município, com cursos práticos sobre as temáticas mencionadas. Cada curso terá a participação de alunos e duração de 4 a 8 horas.
 
Durante a segunda semana do mês de maio de 2016 o projeto será realizado com os alunos da Escola Municipal Frei Miguel Kelleti em contra turnos. Nos dias 10 e 11 de maio os alunos participarão de palestras e cursos de capacitação sobre os temas citados e no dia 12 de maio será realizado, pela parte da manhã, uma exposição onde os alunos irão ser tornar multiplicadores na escola e na comunidade.
 
Para a coordenadora do projeto, Msc Mônica Carvalho a atividade faz parte do projeto de extensão da faculdade, além de promover a responsabilidade social que é um dos princípios da instituição. “ A importância do projeto se dá pelo envolvimento de todos os docentes do 5° semestre do curso de Biologia em prol da comunidade, a partir dos conhecimentos adquiridos em sala de aula, saindo da teoria para a prática. O mais importante que essas ações proporcionam conhecimento para a comunidade de forma positiva”, afirma a docente.
(Lana Mota - Assessora de Imprensa)

Nenhum comentário:

Postar um comentário