quarta-feira, 4 de maio de 2016

Belterra completa 82 anos e homenageia personalidades



Aniversário e 9 ª Feira da Produção Familiar são realizadas até sábado (7).

  A cidade de Belterra completa 82 anos de fundação nesta quarta-feira (4). Segundo o IBGE, o município possui um território de 4.398,419 km² e está localizada na Região Metropolitana de Santarém, mais precisamente a 45 km do município polo da região. De acordo com o coordenador do Centro de Memória de Belterra, Benjamim Ferreira, Belterra surgiu em meados de 1934 com a companhia Ford administrada pelo grande empresário Henry Ford. A princípio, de 1928 a 1934, o projeto do empresário era a cidade de  Fordlândia, mas que devido a fatores relacionados ao solo, por não conter a umidade necessária, a região foi considerada inapropriada para o cultivo da seringueira e também pelo difícil acesso para realização de obras e escoamento do látex.

  A partir deste momento, técnicos americanos realizaram pesquisas e constataram que Belterra seria o local perfeito pelas questões de solo e climáticas. Em 1934, começaram as atividades na comunidade de Samaúma, onde chamaram de Porto Novo. Após a chegada da companhia Ford, iniciaram as construções de casas com arquitetura americana que eram distribuídas hierarquicamente aos funcionários da companhia. Infelizmente o projeto foi encerrado na cidade em 1945 pelo fato de Henry Ford ter encontrado borracha mais barata na Malásia e também pelo surgimento da borracha sintética.

A companhia passou a cidade para o Governo federal, estadual e o Mistério da Agricultura que assumiram de 1945 até os dias de atuais. Apesar de a companhia ter encerrado o projeto, ainda hoje, a cidade mantém traços históricos dessa época, principalmente na arquitetura das casas. Atualmente, a principal fonte de economia da cidade é a agricultura familiar e extrativismo.

Por esse motivo, o foco do aniversário de Belterra é a feira de produção familiar. Esse evento reúne todos os produtores do município durante as comemorações. Nesta quarta-feira, serão homenageados 82 personagens que contribuíram para a história da cidade. O Centro de Memória da cidade disponibiliza um vasto acervo que recontam e preservam a história do município. 

Confira a programação do 82° aniversário e 9ª Feira de Agricultura Familiar.
04/05 - Quarta-feira
05h00: Alvorada
07h30: Missa na Igreja Matriz de Santo Antonio
09h00: Café da Manhã compartilhado (no espaço da Feira da Produção Familiar)
10h30: Coral Intercolegial Bela Terra
Show de Calouros
19h00: Abertura da 9ª Feira da Produção Familiar com apresentação do
Coral Intercolegial Bela Terra.
Apresentação da Banda do 8º BEC
Corte de bolo
Homenagem a 82 personalidades de Belterra
21h30: Show: Banda Stylus de Santarém
23h30: Show: Ricardão e Forró eu acho é bom


05/05 - Quinta-feira
07h00: Feira da Produção Familiar
08h00: Projeto Gol de Placa (estádio Dedecão)
09h00: Inauguração do Poço e cozinha da E.M.E.F. Divina Providência - São Domingos
11h00: Inauguração da cozinha da Escola Nossa Senhora do Perpétuo Socorro
19h00: Show Gospel (igrejas evangélicas e igreja católica)
21h00: Apresentação da Academia da Saúde
21h20: Show: José Maria Pinto
22h30: Show: Banda Forrozão.com
00:30: Show: Banda Revelação Show

06/05 - Sexta-feira
07h00: Feira da Produção Familiar
08h00: Inauguração do Micro Sistema de abastecimento de água da Rua Frei Vicente
20h00: Apresentação do grupo Saúde Dance
20h30: Show: Bega e sues teclados
22h30: Show: Morango e Banda
00h30: Show: Banda Furacão Show


07/05 - Sábado
07h00: Feira da Produção Familiar
09h00: Torneio esportivo entre as escolas municipais  do centro – estádio Dedecão
10h00: Revitalização do Poço da E.M.E.F. Nova Esperança – Bragança
Inauguração da casa dos professores - Bragança
14h00: Revitalização do poço da E.M.E.F. Bom Jesus – Piquiatuba
16h00: Partida amistosa de futebol – UEC x ABC (estádio Dedecão)
20h00: Show: Banda Forrozão Swing
21h30: Concurso para escolha da Rainha da Feira da Produção Familiar
22h30: Nelson Pancadão e banda
00h30: Amaury Salles e Trio do Arrocha

(G1 Santarém)

HISTÓRIA
Belterra é um município brasileiro do estado do Pará, pertencente à Mesorregião do Baixo Amazonas. Localiza-se no norte brasileiro, a uma latitude 02º 38' 11" sul e longitude 54º 56' 14" oeste, distante cerca de 45 km do município de Santarém.
Após o fracasso das plantações de seringa em Fordlândia, causada pelo tipo de terreno que não favoreceu o desenvolvimento dos seringais (que necessitam um terreno plano, com solo rico em minerais e material orgânico) e também a infestação por um tipo específico de praga até então desconhecida que acabou com a produção das plantações, Henry Ford teve que começar a buscar outro lugar para que seu projeto fosse continuado.

Várias expedições foram realizadas até encontrar-se um lugar que ficou conhecido como Bela Terra. Tal área é conhecida entre os cientistas pelo seu famoso solo fértil de 'Terra Preta', que deve ter sido um dos critérios para a escolha do local. Embora este tipo de solo ocorra em toda Amazônia, Belterra é particularmente rica em terra preta, as características de relevo também são adequadas para a plantação de seringas e fácil acesso através do rio para o escoamento da produção viabilizou o projeto. Bela Terra foi cedida pelo governo brasileiro à companhia Ford. Foram derrubados cerca de 2.500 acres da vegetação original do local para dar início ao processo de implantação do projeto de Ford.


Os primeiros operários foram contratados em 1934, e em 4 de maio do mesmo ano ocorreu a limpeza dos seringais, a construção de casas e o hospital. A arquitetura das construções foi inspirada no modelo americano, algumas delas permanecem até hoje intactas pois foram tombadas e agora são patrimônio histórico. Há relatos que a educação em Belterra era de excelente qualidade assim como no país onde Ford nasceu. Apesar de administrar a cidade, Henry Ford nunca veio realmente à Belterra, mesmo possuindo uma casa especialmente construída para ele. Ford tinha medo das doenças tropicais.


A produção e exportação de látex proveniente de Belterra era uma fonte de lucro, porém, com o surgimento da borracha sintética e o baixo custo da borracha no continente asiático, o cenário mudou. Os investimentos em Belterra perderam o sentido e a companhia Ford desistiu do seu projeto que estava planejado para durar um século. Belterra foi reapossada pelo governo brasileiro em 1945, fazendo parte do município de Santarém. Somente no dia 29 de dezembro de 1995, Belterra tornou-se um município, contando com uma prefeitura própria.

Organização da cidade

Como Belterra foi criada em função de uma empresa, seus empregados precisariam de um lugar para morar. Portanto a cidade foi dividida em:
  • Vila operária: era onde os operários moravam, é localizada na parte periférica da cidade e é caracterizada pelas casas pequenas.
  • Vila mensalista: era onde os empregados que recebiam salário a cada quinze dias moravam, nesta vila, duas famílias dividiam a mesma casa.
  • Vila americana: era onde os médicos e doutores moravam, a parte nobre da cidade. Localiza-se próximo as praças, essa vila possuía um clube frequentado pela classe nobre, onde aconteciam festas e bailes.
Com o estilo de vida americano de uma parte da população, havia na cidade um campo de golfe frequentado somente por americanos.

Referências

  • Este artigo foi produzido com base em uma pesquisa realizada por alunos do Instituto Federal do Pará Campus Santarém que visitaram Belterra. Tal pesquisa é parte de um trabalho acadêmico de Sociologia sendo elaborado por Ingrid Ribeiro, Aldo Kiuse, João Lucas e Kássia Pereira

Nenhum comentário:

Postar um comentário