segunda-feira, 23 de maio de 2016

Bombeiros encontram corpos de desaparecidos em Santarém

Uma equipe de resgate do Corpo de Bombeiros encontrou o corpo de três homens que estavam desaparecidos no leito do rio Ituqui, em Santarém, no oeste do Pará. De acordo com a corporação, a equipe foi acionada ao local após solicitação feita pela Polícia Militar que ao menos cinco pessoas estariam desaparecidas na região após uma ação policial que terminou com troca de tiros, o naufrágio de uma pequena embarcação e a morte dos ocupantes.

Ainda no fim da tarde de sábado, dois corpos chegaram à Santarém no porto da Companhia Docas do Pará (CDP). O terceiro corpo encontrado deve ser trazido para a cidade. O G1 foi impedido de entrar no local, mas acompanhou do portão a movimentação de parentes das vítimas que estavam desesperados e aguardavam para fazer o reconhecimento. Os corpos foram levados pelo Instituto Médico Legal (IML) direto para o necrotério do cemitério municipal por conta do estado avançado de decomposição. 

Roubo de gado
De acordo com a Polícia Militar, na noite de quinta-feira (19), o comando local recebeu denúncias de estariam roubando gado de uma fazenda na comunidade São Benedito, na região do rio Ituqui. No mesmo dia, policiais do Grupamento Tático Operacional (GTO) se deslocaram até a região para apurar o caso. Em monitoramento na área, os policiais avistaram uma bajara e na hora da abordagem, houve confronto e a embarcação naufragou com pelo menos cinco pessoas.

De acordo com o comandante do 3º batalhão de Polícia Militar, tenente coronel André Carlos Oliveira, informações repassadas ao comando são de que três gados foram vistos mortos dentro da bajara sendo roubados, com pelo menos cinco pessoas a bordo. “Segundo o que nos foi repassado, a ação foi rápida e como ficou escuro, os policiais não souberam precisar se era cinco pessoas e se era apenas dois gados. O fato é que ocorreu a troca de tiros e a partir de então ninguém foi encontrado mais”, explica.

O caso foi registrado na 16ª Seccional de Polícia Civil na manhã de sexta-feira (20). Uma perícia feita na lancha do GTO constatou que três tiros disparados pelos suspeitos atingiram a embarcação no momento do confronto. Ainda na sexta, a equipe do Corpo de Bombeiros seguiu para fazer buscas aos desaparecidos. A polícia também recebeu a informação que pessoas estavam desaparecidas na comunidade. Parentes vieram até Santarém para saber se o sumiço tem relação com a ação policial que terminou com o naufrágio e a morte dos tripulantes. (G1 Santarém_

Nenhum comentário:

Postar um comentário