segunda-feira, 30 de maio de 2016

Médico especialista em ouvido representa o Pará no Four Otology 2016

Palestra ministrada por Dr. Leandro de Borborema Garcia no evento será uma contribuição aos avanços dos estudos em saúde auditiva
A cirurgia do ouvido, assim como em outras áreas da otorrinolaringologia e da medicina, vem sofrendo mudanças importantes desde o início século XX. O tema estará em pauta nas discussões de otorrinolaringologistas do mundo todo, reunidos de 03 a 05 de junho, no congresso Four Otology, em São Paulo. Promovido pela Associação Brasileira de Otorrinolaringologia, o evento contará com médicos especializados em Otologia, que estuda as doenças do ouvido; Foniatria, que estuda a voz, a fonação e os distúrbios associados; e Otoneurologia, que estuda o labirinto auditivo, suas ligações com o cérebro e as perturbações associadas, vertigens, zumbidos e problemas de equilíbrio.
Entre os especialistas estará o paraense Dr. Leandro de Borborema Garcia,que conta com o apoio da Audibel Aparelhos Auditivos Belém, incentivadora de eventos científicos dessa natureza. “A Audibel sempre procura atuar em parceria com os eventos científicos e com os otorrinos, a fim de contribuir com os avanços dos estudos da saúde auditiva. Por isso marcamos presença em vários eventos no Brasil e no mundo”, explica o gestor da Audibel Belém, Paulo Morais.

Dr. Leandro irá palestrar sobre o tema: “Vantagens e desvantagens da cirurgia endoscópica em otologia”. Especialista no assunto, ele explica que, desde sua introdução da década de 50, o microscópio vem sendo a base da cirurgia otológica. Entretanto, devido o endoscópio apresentar um campo de visão bem mais amplo do que o microscópio, seu uso vem ganhando espaço nos procedimentos otológicos nos últimos anos.

Com o novo recurso é possível acessar regiões do ouvido às quais antes se tinha difícil acesso, pelo próprio canal do ouvido e sem precisar de incisões amplas atrás da orelha. “Com o uso do endoscópio é possível realizar uma cirurgia menos invasiva e, ao mesmo tempo, consegue-se acessar uma maior quantidade de regiões do que com o uso do microscópio”, explica Dr. Leandro.

Serviço - Vários trabalhos científicos serão apresentados no evento por médicos e estudante da área. Para ter acesso aos temas, à área de inscrições e a outras informações, basta acessar: www.aborlccf.org.br/ICombined.

Nenhum comentário:

Postar um comentário