terça-feira, 10 de maio de 2016

Operação combate fraudes em licitações de Tomé-Açu

Uma pessoa foi presa e autuada em flagrante por posse ilegal de arma de fogo durante a operação Sucupira, realizada na manhã desta terça-feira (10) no município de Tomé-Açu, nordeste paraense. A operação, realizada pela Polícia Civil em parceria com o Ministério Público Estadual e Secretaria de Estado da Fazenda, combate fraudes referentes a obras de reformas em escolas localizada na zona rural do município. Foram cumpridos ainda 48 mandados judiciais, dos quais, 18 de condução coercitiva e 30 de busca e apreensão, em 30 locais, localizados na sede de Tomé-Açu e no distrito de Quatro Bocas, zona rural de Tomé-Açu; na sede de Paragominas; em Ananindeua e em Belém.

Segundo informações da Polícia Civil, a operação teve início por volta das 5h da manhã de hoje, quando os policiais fizeram diligências em residências, sedes de empresas de construção civil e órgãos municipais de Tomé-Açu.

Também São alvos da operação o prefeito de Tomé-Açu e o pai dele, além das secretarias de finanças e administração, e licitação do município. Nesses locais foram apreendidos documentos referentes a licitações e computadores. Os servidores municipais e funcionários de empresas foram ouvidos em depoimento na manhã de hoje, e em seguida liberados. As investigações continuam. (ORM News)

Nenhum comentário:

Postar um comentário