segunda-feira, 30 de maio de 2016

PCdoB lança pré-candidaturas e aprova coligação com partidos



Os filiados do Partido Comunista do Brasil – PCdoB, em Santarém, realizaram ontem domingo pela manhã (29/05) uma plenária municipal para discussão de propostas para o desenvolvimento do município e apresentação de pré-candidaturas às eleições de 2016. Para a prefeitura, o partido lançou o nome do jornalista Jota Ninos, atual presidente municipal do PCdoB, como pré-candidato e aprovou também a continuação das conversações com pelo menos dois partidos para formar uma coligação: o PSOL – Partido Socialismo e Liberdade e a REDE Sustentabilidade. “Esses três partidos já vem discutindo, desde o ano passado, a possibilidade de estarem juntos nestas eleições. Nosso lançamento tem como objetivo ampliar esse debate e avançar para a convergência de um bloco único, respeitando o nome já lançado pelo PSOL”, disse Ninos ao explicar a estratégia do partido. “Será uma eleição difícil que deve ir para o segundo turno, e devemos ter opções mais à esquerda para enfrentar o debate com os nomes já conhecidos do eleitorado”, sintetizou Ninos. O PCdoB defende que além dos três partidos outros sejam convidados para o debate, desde que se enquadrem nas propostas que vem sendo discutidas até agora.
 Convidados – Alguns convidados especiais estiveram no encontro, como o delegado de polícia Luiz Paixão, que já foi lançado pré-candidato pelo PROS. Ele saudou os filiados do PCdoB e disse que gostaria que seu partido integrasse o grupo, porém foi voto vencido num debate interno e lamentou que seu partido tenha optado em apoiar o atual prefeito. Disse que ainda vai decidir seu rumo político a partir dessa definição do PROS e desejou sucesso na candidatura do PCdoB. Paixão recebeu convite de Jota Ninos para se filiar ao PCdoB, se decidir deixar o PROS.

O pré-candidato do PSOL à Prefeitura, Márcio Pinto, também participou do evento e fez uma saudação aos filiados do PCdoB parabenizando o partido por realizar um debate sobre política em pleno domingo, mesmo com as dificuldades de se arregimentar filiados dispostos a sair de casa nos dias de hoje. “Os partidos tradicionais têm estrutura para realizar grandes eventos, carregando até centenas de pessoas para seus encontros, mas o debate de ideias fica em segundo plano, pois lá só os caciques falam e o povo aplaude”, disse Márcio ao elogiar o nível do debate entre os filiados do PCdoB. “Nossas conversas para formar uma coligação diferente, passa por esse debate interno que privilegia a democracia e a diversidade de ideias”, concluiu.

O presidente da subsecção da OAB, Ubirajara Bentes Filho, saudou os filiados do PCdoB e disse que sua entidade pretende abrir espaço para o debate entre todos os candidatos sobre as propostas para Santarém. “Precisamos de novas ideias e novos políticos enfrentado o debate para que Santarém avance em seu desenvolvimento. Parabenizamos o PCdoB por se colocar à disposição dessa discussão ao lançar uma candidatura como a de Jota Ninos, que completou 32 anos de atuação no jornalismo local e que pode contribuir com esse debate com a sociedade”, frisou.

Propostas – Além da pré-candidatura a prefeito, o partido apresentou 10 nomes para disputarem as vagas na Câmara Municipal, que ainda estão em negociação. Em nome dos pré-candidatos a vereador, o microempresário e ativista cultural Paulo Costa disse que “nossas candidaturas surgem de um amplo debate interno e devem se juntar às candidaturas de PSOL e REDE, para formarmos uma coligação com nomes alternativos que façam o diferencial na campanha para renovação da Câmara Municipal”.

Antes do lançamento das candidaturas, os filiados debateram propostas a serem inseridas no futuro Plano de Governo da Coligação. O vice-presidente do partido, Dinaldo Pedroso, fez uma exposição sobre a principal proposta do PCdoB que é a Regularização Fundiária Urbana, que segundo ele, há muito tem sido relegada pelas administrações municipais. “Não se pode falar em desenvolvimento urbano se não se regularizar as milhares de áreas do município, e para isso basta ter vontade política para mudar o atual quadro em que mais de 80% dessas áreas estão irregulares e acabam sendo fonte de especulação imobiliária ou implantação de projetos empresariais que aproveitam as lacunas da ilegalidade”, disse ele ao explanar sobre o projeto que envolve a rediscussão do Plano Diretor da Cidade (que completa dez anos em dezembro e precisa passar por uma atualização, de acordo com o Estatuto das Cidades). “Muita coisa que está no Plano Diretor nem sequer foi cumprida pelas administrações e outras precisam ser revisadas”, concluiu.

Outros filiados apresentaram propostas para meio ambiente, turismo, emprego e renda, juventude e outros temas. Ao final, por decisão unânime dos filiados presentes, todas as propostas apresentadas no evento foram aprovadas. O documento final será compilado e encaminhado à comissão tripartite que será formada por PCdoB, PSOL e REDE, para a sistematização do Plano de Governo da Coligação e o nome de Dinaldo Pedroso foi referendado para integrar a comissão tripartite, em nome do PCdoB.

As propostas da Plenária Municipal do PCdoB devem ser referendadas até 05/08, último prazo estipulado pela Justiça Eleitoral para a realização das Convenções Partidárias que definirão os candidatos para o pleito de 2016.

Nenhum comentário:

Postar um comentário