quinta-feira, 19 de maio de 2016

PT aprova resolução com críticas a Dilma

No primeiro encontro após o afastamento de Dilma Rousseff da Presidência da República, o Diretório Nacional do PT divulgou uma resolução em que faz críticas ao partido e ao governo de Dilma. Apesar de afirmar que o processo de impeachment é um "golpe sem base legal",  documento diz que é preciso avaliar "de forma autocrítica, os erros cometidos" pelo partido e pelos governos petistas. No documento, o partido critica o que chama de "esgotamento do modelo econômico" e as alianças partidárias do governo de Dilma. A resolução também afirma que a operação Lava Jato desempenhou "papel crucial na escalada golpista".

"A operação Lava Jato] configurou-se paulatinamente em instrumento político para a guerra de desgaste contra dirigentes e governantes petistas, atuando de forma cada vez mais seletiva quanto a seus alvos", diz o texto, que foi discutido em dois dias de reuniões da cúpula da legenda em Brasília e deverá trazer mais de 30 pontos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário