sexta-feira, 17 de junho de 2016

Cinco pessoas são presas por tráfico de peixes ornamentais em Santarém

Cinco pessoas foram presas em flagrante com uma carga avaliada em R$ 100 mil formada por espécies aquáticas, como arraias e acaris, ontem quinta-feira (16), em Santarém, oeste do Pará. A carga sairia de Santarém e seria traficada para Manaus, no Amazonas, e depois para o exterior. A Polícia Civil encontrou a carga no Aeroporto Internacional do município, durante verificação das imagens do equipamento de raio-x, os agentes flagraram o momento em que duas malas pertencentes a dois suspeitos estavam carregadas de peixes ornamentais. 

Dessa forma, os suspeitos foram presos em flagrante. Logo em seguida, foram presos mais três suspeitos que davam apoio logístico para o esquema criminoso. Os agentes chegaram em seguida à casa que era usada para armazenar os peixes.

No imóvel, foram apreendidos diversos peixes ornamentais, entre os quais cerca de 40 arraias, que seriam comercializados de forma ilegal. Os animais apreendidos foram encaminhados para o Instituto de Ciências e Tecnologias das Águas, da UFOPA (Universidade Federal do Oeste do Pará), onde foram recebidos pelo professor Luciano Jensen e Michele Midori Sena Fugimura, do Laboratório Múltiplo para a Produção de Organismos Aquáticos. 
ORM News com informações da Polícia Civil

Nenhum comentário:

Postar um comentário