sexta-feira, 3 de junho de 2016

Comércio de Santarém tem aumento de 26% na inadimplência

A crise econômica que se instalou no Brasil tem mostrado reflexos negativos em todos os setores do comércio em Santarém, do oeste do Pará. Um deles é o aumento de pessoas que foram incluídas no Serviço de Proteção ao Crédito (SPC). De acordo com dados da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), o município teve um aumento de 26% de pessoas com o nome incluído no SPC. Os dados são referentes às empresas cadastradas no órgão e do período de janeiro a maio de 2015 e 2016.

Conforme a presidente da CDL Santarém, Conceição Vasconcelos, o comparativo entre o período de 2015 e 2016 mostra o reflexo da crise. “Em 2015, nós tivemos 8.549 inclusões no período de janeiro a maio, já em 2016 passou para 10.706, um aumento de 2.157 negativados. Isso é um retrato da situação que o Brasil está passando, um momento complicado na economia brasileira, onde os empresários santarenos sentem o reflexo e os clientes também”.

Segundo a gerente executiva do órgão, Graça Peleja, o número de exclusões é considerado baixo. “No mesmo período em 2015, a CDL registrou 4.481 exclusões, que é quando a devedor se regulariza, e em 2016 registramos até o momento 4.380”.

Para a coordenadora da Procuradoria do Consumidor de Santarém (Procon), Silvânia Melo, o consumidor que estiver com qualquer dívida pendente deve procurar o credor e negociar. “O consumidor as vezes não está em condições de pagar, mas ele não precisa sumir. Ele deve ligar para o credor, conversar, manifestar a situação econômica e propor uma negociação mesmo que em forma de parcelamento. É sempre bom o consumidor aproveitar essas campanhas como o feirão e falar as condições de pagamento e se regularizar”, afirma.

Feirão do Nome Limpo
O Feirão do Nome Limpo é um evento que oportuniza o consumidor inadimplente a negociar o débito com a empresa e obter descontos especiais para pagamento em condições facilitadas. Além disso, oferece a chance para o consumidor retirar o nome do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC/Seraca/CCF) e reabilitar o poder de compra.

Cronograma
- 01 a 15 de junho - cadastramento de consumidores no Procon
- 16 de junho a 10 de julho - contato entre consumidores inadimplentes e empresas credoras para negociação

Inadimplentes no Brasil
Uma pesquisa realizada pelo SPC Brasil mostrou que em abril o número de devedores chegou a 59 milhões e que a faixa etária dos inadimplentes e é entre 18 e 95 anos, o que corresponde a 40%  da população.
(G1 Santarém)

Nenhum comentário:

Postar um comentário