sexta-feira, 24 de junho de 2016

Paysandu tem novo desafio diante do Atlético-Go

O Paysandu recebe hoje sexta-feira (24) o Atlético-GO na Curuzu, às 19h15, pela 12ª rodada da Série B, pensando em manter a boa sequência de resultados para sair da zona de “desconforto” e entrar na de acesso. O Bicolor tem na conta três vitórias seguidas, após o início de campeonato conturbado. A comissão técnica e jogadores se dizem motivados e, ao mesmo tempo, atentos para o jogo difícil que será contra o adversário de hoje. O Atlético-GO, mais conhecido por “Dragão”, está no 2º lugar na Segundona, com 21 pontos, e o Papão na 11º posição, com 15 pontos. Os dois estão separados por apenas seis pontos.

Para vencer mais uma partida em casa, o Papão conta com a volta de Rafael Costa, que estava suspenso pelo terceiro amarelo. A única dúvida ainda é o atacante Fabinho Alves, que foi desfalque no jogo passado contra o Joinville, em razão de uma lesão no músculo adutor da coxa direita. Ontem pela manhã, Fabinho Alves não apareceu no treino. Para a vaga de Fabinho Alves, caso ele não seja liberado para jogo, a opção pode ser Ruan ou Alexandro.

Os outros componentes da equipe devem ser os mesmos que enfrentaram o Joinville: Emerson; Edson Ratinho, Fernando Lombardi, Gilvan e Lucas; Augusto Recife, Ricardo Capanema, Jhonnatan e Rafael Costa; Fabinho Alves (Alexandro ou Ruan) e Leandro Cearense.

 “Rafael retorna e o Fabinho depende do departamento médico. Pode ser uma decisão em conjunto, porque tem algum risco. Fabinho vai entrar em campo se tiver boa condição. O que faz a função mais próxima do Fabinho é o Ruan. Ele foi selecionado para o jogo, mas está há algum tempo sem jogar. Mas Ruan tem a condição física boa, falta ritmo de jogo. Vamos avaliar para ver se Ruan pega uma sequência. 

Até porque para apresentar um bom futebol, tem que jogar. Hoje (sexta) vamos tomar essa decisão e manter a estrutura. E se eu quiser, dá para jogar com dois centroavantes como fiz no último jogo, já que volta o Rafael normal pelo lado do campo e dois jogadores na frente, da maneira como jogamos contra o Joinville. Ainda vamos fazer a avaliação e definir a maneira de jogar”, afirmou Gilmar Dal Pozzo, técnico do Paysandu. (O Liberal)

Nenhum comentário:

Postar um comentário