quarta-feira, 15 de junho de 2016

Paysandu vence o Avaí na Curuzu e sai do Z4 da Série B

A vitória foi por 1 a 0, mas a comemoração foi equivalente a de uma goleada. O Paysandu passou pelo Avaí, na noite de ontem terça-feira (14), na Curuzu, em Belém, na estreia do técnico Gilmar Dal Pozzo. O gol único da partida foi marcado por Jhonnatan. Aliás, um belo gol do paraense, que recebeu a bola na área, limpou a marcação e bateu de canhota no ângulo direito de Renan. A bola bateu na trave e entrou aos 22 minutos do primeiro tempo. A vitória foi o suficiente para levar o Papão da 18ª colocação para fora da zona de rebaixamento da competição, com nove pontos. O Avaí, por sua vez, caiu para a 13ª colocação com os mesmos 10 pontos.
De ar renovado, o Paysandu já mira a próxima rodada, quando enfrentará o líder da Segundona, Vasco da Gama, dentro de São Januário, no Rio de Janeiro, às 16h30 deste sábado (18). Já o Leão catarinense segue em viagem para visitar o Goiás, às 21h30 da sexta-feira (17), no Serra Dourada.

1º tempo: Paysandu a todo vapor e Avaí acuado - A 'era' Gilmar Dal Pozzo teve o melhor cartão de visita possível. O Paysandu entrou em campo a todo vapor tanto na marcação, quanto na criação. O resultado foi a construção de duas oportunidades de abrir o placar ainda no primeiro minuto de jogo. Fabinho Alves recebeu lançamento na esquerda e cruzou para a chegada de Jhonnatan, que cabeceou com estilo e viu o goleiro Renan fazer grande defesa. Poucos segundos depois Rafael Costa levantou a bola na área e Gilvan testou na pequena área. A bola só parou no travessão!

O Paysandu dominava a bola e, diferente do que vinha acontecendo nos últimos jogos, buscava o ataque 'sem cerimônias'. Aos 13, Fabinho Alves recebeu o lançamento de Jhonnatan e cruzou na área para Rafael Costa, que cabeceou no canto. Renan voou para operar um milagre. A redonad ficou com Ricardo Capanema, que dominou, limpou a marcação e chutou forte para outra grande defesa do goleiro avaiano.

Três minutos depois, Tatá saiu em velocidade pela direita. Ele tirou da marcação de Lucas e cruzou para a chegada de Romarinho, que estava sozinho na área, mas Gilvan conseguiu se recuperar no lance e cortou para longe. 

Mas, aos 22, Lucas recebeu de Fabinho Alves na esquerda e cruzou na área para Rafael Costa, que sobe com a marcação. A bola sobra para Jhonnatan, que dominou, limpou o lateral esquerdo João Paulo e bateu no cantinho direito de Renan, que só observou a redonda bater na trave e encontrar a rede.

Já aos 36 minutos, Tauã conseguiu escapar pela direita em um cochilo da defensiva bicolor e colocou na área. Gilvan tentou se antecipar na bola e 
errou. A redonda acabou, então encontrando William, que desviou de cabeça, mas mandou para fora.

2º tempo: retranca e vitória do Paysandu - O Paysandu pisou no freio no segundo tempo, mas quase conseguiu ampliar o placar aos oito minutos, quando uma bola levantada na área caiu entre Lucas e o goleiro Renan. O volante artilheiro do Papão desviou a trajetória da redonda, mas lamentou mais uma grande intervenção do camisa 1 do Avaí.

Enquanto o Avaí tentava assustar, mas sem finalizar a gol, o PSC voltou a chegar com perigo. Em cobrança de falta, Rafael Costa resolveu inovar e tentou encobrir o goleiro Renan, que ficou só olhando. A bola passou próximo ao travessão avaiano e saiu pela linha de fundo.
Já aos 48 minutos, Yuri recebeu a bola dentro da área e próximo à linha de fundo e cruzou na área de bicicleta. A bola passou na frente de William e dos zagueiros do Paysandu e saiu pela lateral do outro lado do campo.

Ficha técnica (Paysandu 1 x 0 Avaí)

Paysandu - Emerson; Edson Ratinho, Fernando Lombardi, Gilvan e Lucas; Augusto Recife (Ilaílson), Ricardo Capanema, Jhonnatan e Rafael Costa (Alexandro); Fabinho Alves (Hiltinho) e Leandro Cearense.Técnico: Gilmar Dal Pozzo

Avaí - Renan; Renato (Alemão), Fábio Sanches, Gabriel e João Paulo; Luan, Lucas de Sá (Iury) e Tauã (Lucas Fernandes); Romarinho, William e Tatá. Técnico: Silas

Gol: Jhonnatan, aos 22 minutos do primeiro tempo
Cartões Amarelos: Edson Ratinho (Paysandu); Renato, Luan, William, Fábio Sanches (Avaí)
Local: Estádio da Curuzu, em Belém (PA)
Data: 14 de junho, terça-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Renato Cardoso da Conceição (MG)
Assistentes: Felipe Alan Costa de Oliveira (MG) e Anderson Moreira de Farias (CE)
Público: 5.532
Renda: R$ 19.422,00
ORM News

Nenhum comentário:

Postar um comentário