segunda-feira, 27 de junho de 2016

Santarém 355 anos: micro e pequenos empreendedores são beneficiados com mais uma liberação de microcrédito

Micro e pequenos empreendedores foram beneficiados com mais uma liberação de crédito, promovida, nesta segunda-feira (27), pela Prefeitura de Santarém, por meio da Divisão de Microcrédito Sustentável, órgão vinculado à Secretaria Municipal de Planejamento, Desenvolvimento e Turismo (Semdetur), e instituições parceiras - Banpará, Banco do Brasil, Banco da Amazônia e Sicredi – no 5º Feirão do Microcrédito Sustentável. Somente no primeiro semestre de 2016 foram liberados mais de R$ 40 milhões (R$ 41.552.510,59) para 6.298 micro e pequenos empreendedores. 
De 2013 a junho deste ano, o Programa de liberação de crédito da PMS liberou mais de R$ 90 milhões (R$ 90.225.367,67) a 26.712 empreendedores. Participaram da solenidade o prefeito Alexandre Von, representantes de instituições bancárias, o vereador Valdir Matias Jr., representando a Câmara Municipal de Santarém, a titular da Semdetur, Rose Fonseca, a diretora do CredCidadão, Tetê Santos, e os beneficiários.

A política de microcrédito sustentável foi implantada pela atual gestão com o objetivo de contribuir para a consolidação de pequenos empreendimentos e a geração de trabalho e renda no Município de Santarém, bem como, fortalecer o eixo da Lei Geral que trata de acesso a crédito diferenciado com metodologia específica, que está relacionada com a concessão de créditos com capacitação empreendedora, plano de negócios e visitas pós-crédito, permitindo um diagnóstico rápido e preciso de microcrédito sustentável, operacionalizado pela Secretaria Municipal de Planejamento, Desenvolvimento e Turismo.

De acordo com a diretora do CredCidadão, Tetê Santos, Santarém é considerada uma das principais cidades no estado do Pará no quesito de liberação de microcrédito. Segundo Tetê, o Município vem contribuindo para o desenvolvimento das cadeias produtivas, sobretudo, garantindo acesso às linhas de créditos para empreendedores locais, a exemplo do Ecocrédito, um programa de microcrédito produtivo, criado pela Prefeitura, com o objetivo de apoiar através de financiamento, empreendimentos de atividades produtiva nos setores de comércio, produção (indústria) e serviços.

Oportunidade para quem está iniciando no mundo nos negócios, como o jovem Vítor Castro. Com apenas 19 anos, ele conseguiu o crédito do CredCidadão, do Governo do Estado do Pará, para iniciar sua atividade de camisas personalizadas.

“Sempre me identifiquei com esta parte de camisarias e vi a oportunidade de iniciar um negócio que vem se destacando em nossa cidade. Com esse recurso dá pra comprar as camisas e começar o trabalho de personalização em casa mesmo”, disse.

A titular da Secretaria Municipal de Planejamento, Desenvolvimento e Turismo (Semdetur), Rose Fonseca, destaca os números da liberação de crédito, nesse segundo trimestre.

“Só no segundo trimestre nós já liberamos mais de R$ 30 milhões em microcrédito, juntando todas as fontes de recursos disponíveis, por meio das instituições parceiras [Banco do Brasil, Banpará, Banco da Amazônia e Sicredi]. É uma maneira de fomentar a economia, melhorando os negócios, gerando ocupação, emprego formal, nesse momento de dificuldade pela qual a economia do Brasil vem passando”, explicou a secretária municipal de Planejamento, Desenvolvimento e Turismo, Rose Fonseca.

O prefeito Alexandre Von lembrou que, em tempos de crise, quem faz a diferença na economia brasileira é o micro e pequeno empreendedor. “Nós ficamos muito felizes com essa parceria de sucesso, que envolve a Prefeitura, Sebrae, cooperativas de crédito, instituições financeiras de fomento ao crédito e a comunidade em geral. 

Em mais de três anos de trabalho nós já permitimos que mais de 25 mil micro e pequenos empreendedores tivessem oportunidade de acessar o crédito, fazer seu negócio crescer e desenvolver a economia. Em um momento de dificuldade brutal que o País atravessa nós temos que buscar alternativas, não podemos ficar de braços cruzados, esperando que a solução caia do céu. Nós temos que criar as soluções, gerar as oportunidades e possibilitar qualificação profissional, assistência técnica e crédito para que mais pessoas possam gerar renda em nosso Município”, ressaltou Alexandre Von.
CCOM/PMS/SEMDETUR

Nenhum comentário:

Postar um comentário