quarta-feira, 8 de junho de 2016

Tocha Olímpica: O amor na ponta do remo e o esporte no coração // Hospital Regional faz parte do roteiro da tocha olímpica em Santarém

Antes da descoberta da paixão pela canoagem, Héricles Miranda praticava futebol. Mas aos 17 anos, se viu diante de uma difícil decisão: escolher entre a canoagem e o esporte. Mas a possibilidade de poder estar sempre em contato com a natureza e apreciar as maravilhas que Deus construiu fez o jovem optar pela canoagem e o alto rendimento no esporte tem mostrado que a escolha não poderia ter sido mais acertada. “A canoagem era uma paixão do meu irmão Jackson Thomás. Ele tinha um sonho de ser atleta, mas não conseguiu realizar. 
Então, isso me fez querer competir, querer almejar lugares maiores. E desde então eu venho colecionando títulos e espero poder ganhar ainda mais. Mas a canoagem para mim não é só uma competição, é uma coisa que vem do meu coração, é uma grande paixão”, revela Héricles.

No último final de semana, em Palmas (TO), disputando a categoria Sênior, Héricles conseguiu a vaga para o Mundial de Canoagem, que acontecerá na Alemanha. “A persistência faz a força e a nossa fé em Deus faz com que os resultados venham. Foi uma competição muito dura, durante o percurso lembrei de todos os momentos, de tudo o que eu tinha passada, e eu só fiz remas e coloquei tudo o que eu já tinha feito em prática e graças a Deus veio o resultado. Não poder estar na olimpíada este ano, apenas como condutor. Mas, na próxima olimpíada espero estar presente como atleta olímpico”, ressalta.

Héricles foi inscrito para participar da seleção de condutores da Tocha Olímpica por sua mãe Lilian Miranda, sua maior incentivadora junto com seu pai Jackson Miranda. Quando soube da iniciativa da mãe, Héricles ficou na torcida para que seu nome fosse selecionado até que veio a confirmação.

“Quando veio a notícia de que eu seria um dos condutores foi uma alegria porque esse é um evento único, vai ser histórico para todos os condutores aqui de Santarém. É a primeira que o revezamento vai passar por aqui e eu espero que futuras gerações de santarenos possam ter essa felicidade. A expectativa está a mil. Só de pensar que está chegando o grande dia do revezamento o coração já bate mais forte”, disse Héricles.

Na bagagem das disputas de competições de canoagem, Héricles já coleciona mais de 
20 títulos, entre eles: Campeão paraense de canoagem (Maratona Velocidade); quatro vezes campeão da Maratona da Conceição (Santarém); tricampeão em Goiânia; campeão da Travessia do Araguaia; Campeão Brasileiro de Canoagem Maratona, em Palmas (TO) e duas vezes vice-campeão nacional.
Assessoria de Comunicação/SEMJEL
Silvia Vieira – 99134:8427
 PMS/SEMJEL/CCOM 
 
Hospital Regional faz parte do roteiro da tocha olímpica em Santarém

O símbolo dos Jogos Olímpicos vai desembarcar em Santarém na próxima sexta-feira, 17 de junho, às 9 horas. A tocha vai passar o dia no município, iniciando o revezamento na vila de Alter do Chão, às 10 horas, e percorrendo a cidade a partir das 16 horas. Ao todo, serão 20 quilômetros percorridos por 100 condutores. O Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA) faz parte do percurso. A tocha vai passar pela Avenida Sérgio Henn, em frente à unidade, com possibilidade de entrar na área do hospital para que os pacientes, acompanhantes e colaboradores participem desse momento único na história do município e do Brasil.

A chama olímpica se transformou em um forte símbolo de paz e união entre os povos. Assim como os anéis olímpicos, em que cada círculo representa um continente do globo. As cores representam todas as bandeiras dos países. “Para o Hospital Regional do Baixo Amazonas é uma honra receber a tocha olímpica, que é um símbolo de união dos povos, de paz, de harmonia, e que nós tenhamos jogos que tragam isso para o nosso país”, diz o diretor geral do hospital, Hebert Moreschi.

O Comitê de Humanização da unidade já está organizando a passagem da tocha para que os pacientes tenham a possibilidade de aproveitar, mesmo que brevemente, esse momento especial. O hospital também vai disponibilizar um ponto de apoio com água para os participantes e observadores do revezamento. “Compartilhar deste momento histórico para o Brasil é motivo de muita felicidade, de muita honra. Nossa torcida é para que tenhamos excelentes Olimpíadas 2016 em nosso país”, deseja Moreschi.
A passagem da tocha pelo município será encerrada às 18 horas, na Praça Barão de Santarém.

Hospital
O HRBA é uma unidade pública e gratuita de saúde, pertencente ao Governo do Pará e administrado, desde 2008, pela entidade beneficente Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar sob contrato de gestão com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). O Hospital Regional de Santarém é referência no Norte do Brasil para o tratamento oncológico e ainda para mais de 1,1 milhão de pessoas, oriundas de 20 municípios do Oeste do Pará.


Nenhum comentário:

Postar um comentário