terça-feira, 26 de julho de 2016

Agricultores fecham a PA-150 em protesto nesta terça-feira

Um grupo de 100 agricultores que ocupam as fazendas São José e Esperança I, II e III, realizam um protesto nos dois sentidos da rodovia PA-150, próximo de Tomé-Açu, nordeste paraense, para pedir a suspensão da liminar de reintegração de posse das fazendas, expedida pela justiça a partir do dia 1º de agosto. Pelo menos 120 famílias ocupam o local há oito anos. De acordo com Luiz Silva, um dos moradores da área, as terras seriam públicas e os proprietários da fazenda teriam falsificado títulos de terras. Silva conta que as famílias sobrevivem do plantio de cacau e açaí na área e estão no local desde 2008. 

Ele destaca também que o espaço já possui uma infraestrutura como escolas, igrejas e estabelecimentos comerciais. 'As liminares são irregulares e as terras são públicas. Queremos que o poder público ajuda  agente', desabafou.

Os moradores liberam os dois sentidos da via a cada 15 minutos e querem ajuda do poder público para resolver o problema. O trânsito está lento no trecho. (ORM News)

Nenhum comentário:

Postar um comentário