segunda-feira, 4 de julho de 2016

Clima seco deixa Bombeiros em alerta em Santarém

O verão está chegando e o clima seco aliado à baixa umidade do ar deixa o Corpo de Bombeiros em alerta para ocorrências de incêndios em Santarém, no oeste paraense. De janeiro a maio de 2015 foram 16 casos registrados. Este ano, no mesmo período, foram contabilizadas 96 ocorrências, 80 a mais do que no ano anterior. O número é considerado preocupante e a população deve ter atenção redobrada.

Conforme o Corpo de Bombeiros, com a chegada do verão amazônico, outro alerta é quanto ao período de estiagem na região e a variação de temperatura, que aumenta ainda mais os riscos de incêndio, principalmente nas áreas de vegetação abertas, matas fechadas, de difícil acesso e também em bairros onde a população costuma colocar fogo para limpar o mato alto nos terrenos baldios.

Os bombeiros alertam para o fato de muitas vezes a população agir de forma irresponsável e acabar provocando incêndios. “Esse ano não pode ser diferente devido ao que o clima está nos mostrando. O clima está seco, está começando a transformar a vegetação em uma massa própria para os princípios de incêndio. Nós pedimos cautela da população e atenção redobrada”, explica o capitão Santino Contes.

Para evitar o fogo e as queimadas nas fazendas ou terrenos urbanos, o correto é procurar orientações do Corpo de Bombeiros, do Ibama e de outros órgãos ambientais. A alternativa para produtores rurais é fazer os chamados aceiros - uma limpeza em volta da propriedade que evita a propagação das chamas, mas nem todos adotam a medida. A orientação é evitar atear fogo sem orientação para não gerar prejuízos ao meio ambiente. (G1 Santarém)

Nenhum comentário:

Postar um comentário