quarta-feira, 13 de julho de 2016

Mapa mostra o Pará com maior número de municípios turísticos no norte do Brasil

O Pará já dispõe de 65 municípios classificados como turísticos pelo Ministério do Turismo (MTur), de acordo com o novo Mapa do Turismo Brasileiro divulgado ontem terça-feira (12), em Brasília (DF). É o maior número de municípios da Região Norte, quase o triplo do registrado no último levantamento, que mostrou 23 cidades nessa condição. O mapa destaca os municípios que adotam o turismo como estratégia de desenvolvimento de políticas públicas, com foco na gestão, estruturação e promoção, de forma regionalizada e descentralizada. (Foto Praia de Alter do Chão)

De acordo com o novo mapa turístico nacional, o País tem 2.175 municípios em 291 regiões turísticas. A grande maioria dos estados brasileiros diminuiu o número de municípios no mapa. O Pará foi um dos dois únicos a aumentar esse número, junto com Santa Catarina.

“É o resultado da implantação de um planejamento no Estado, não apenas da gestão pública, mas também do empresariado, na compreensão pela sociedade do turismo como atividade econômica. Este processo entende a atividade turística como um dos vetores de desenvolvimento. 

A Setur se relaciona com os municípios, que por sua vez fazem o credenciamento e assinam um termo de compromisso, contemplando vários itens, como estrutura organizacional, dotação orçamentária, a existência de Conselho Municipal de Turismo, a participação em instâncias de governanças e nos fóruns, a elaboração de inventário da oferta turística, calendários de eventos, dentre outros aspectos relevantes. Este novo mapa presta um reconhecimento inequívoco do Estado do Pará como um todo”, enfatiza  o secretário de Estado de Turismo, Adenauer Góes.

Segundo o mapa, as seis regiões turísticas paraenses estão assim contempladas: Amazônia Atlântica, 24 cidades; Tapajós, 12; Xingu, oito; Marajó, nove; Belém, cinco, e Araguaia-Tocantins, sete.

Para o ministro interino do Turismo, Alberto Alves, o documento contribui para melhorar a capacidade do Ministério do Turismo de atuar de forma coordenada com os estados, regiões turísticas e municípios, para desenvolver e consolidar novos produtos e destinos turísticos. “Com um mapa mais enxuto, e que retrata de forma mais fiel a oferta turística brasileira, poderemos focar nossos esforços e otimizar nossos resultados”, afirma.

Categorias - Os 65 municípios do Pará presentes no Mapa do Turismo são classificados em cinco categorias, de acordo com a Categorização dos Municípios das Regiões Turísticas do Mapa do Turismo Brasileiro. As cidades contempladas nas categorias A, B e C contam com 95% dos empregos formais em meios de hospedagem; 87% dos estabelecimentos formais de meios de hospedagem; 93% do fluxo doméstico, e têm fluxo internacional.

O conjunto de municípios dos grupos D e E reúnem características de apoio às cidades geradoras de fluxo turístico. Muitas vezes são aquelas que fornecem mão de obra ou insumos necessários para atendimento aos turistas.

O Tribunal de Contas da União (TCU) e o Senado Federal reconhecem o Mapa do Turismo Brasileiro como um instrumento para orientar a gestão no desenvolvimento de políticas públicas regionalizadas e descentralizadas. A atualização do documento é considerada fundamental para que seja um instrumento eficaz e respeite os princípios de eficiência da administração pública.
Por Israel Pegado - Agência Pará

Nenhum comentário:

Postar um comentário