sexta-feira, 12 de agosto de 2016

CRM investiga morte de paciente durante lipoaspiração em Belém

O Conselho Regional de Medicina do Pará (CRM) investiga a morte de uma paciente submetida a um procedimento de lipoaspiração em uma clínica em Belém. A paciente Alessandra Printes Paes, 38 anos, morreu na noite de terça-feira (9) durante a realização da cirurgia. Relatos de parentes da vítima dão conta de que ela sofreu três paradas cardíacas e morreu na clínica localizada na travessa Segunda de Queluz, em Canudos. A família diz que não havia equipamentos de reanimação, nem Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) na clínica. Os parentes disseram também que só foram contactados horas após a morte de Alessandra.

O CRM informou que o cirurgião plástico Alan Leite dos Santos, médico da paciente, é registrado na instituição e vai ter a conduta médica no caso apurada pelo conselho. Caso seja comprovada irregularidade o médico poderá ser denunciado por irresponsabilidade médica. 

O conselho alertou ainda os interessados em procedimentos de cirurgia plástica devem verificar se a clínica possui UTI para atendimento em caso de necessidade durante a cirurgia. A equipe precisa ser completa com a presença de anestesista e enfermeiros, além do uso de carrinho de parada dentro da sala de procedimento. (ORM News)

Nenhum comentário:

Postar um comentário