quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Fasepa abrirá processo para apurar morte de adolescente

Jovem de 15 anos foi morto asfixiado por internos na unidade de Santarém. A Fundação de Atendimento Socioeducativo do Pará (Fasepa) em Santarém, oeste do Pará, vai instaurar um processo administrativo interno para apurar as motivações e circunstâncias da morte de um adolescente de 15 anos. Segundo nota do órgão todos os servidores que estavam no local no momento do crime serão ouvidos. O crime aconteceu na noite de segunda-feira (22). 

A vítima, que estava apreendida suspeita de assaltos no município de Oriximiná foi asfixiada e teve o corpo perfurado, possivelmente por um cabo de escova de dentes, segundo o Grupo Tático Operacional (GTO). No momento do crime, cinco internos estavam na cela. Dois deles, ambos de 16 anos, sendo um de Santarém outro de Medicilândia, assumiram a autoria da morte.

O Sistema de Justiça Juvenil foi acionado e entrou em contato com a família do adolescente para informar sobre a morte. Atualmente, a Fasepa no município conta 47 socioeducandos. Sendo 43 cumprindo medida de internação e quatro em medida de internação provisória.
A Polícia Civil também instaurou um inquérito para investigar o caso e deve ouvir todas as testemunhas em 30 dias. Os adolescentes suspeitos do ato foram encaminhados para esclarecimentos na 16ª Seccional de Polícia Civil ainda na noite de segunda-feira. (G1 Santarém)

Nenhum comentário:

Postar um comentário