quinta-feira, 4 de agosto de 2016

Santarém registra aumento de incêndios florestais em 2016

Um levantamento do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) mostra que o índice de incêndio aumentou em todo o Pará. Em Santarém, no oeste do estado, de janeiro a agosto deste ano foram registrados 211 incêndios, sendo 101  florestais. Segundo o Corpo de Bombeiros, comparado com o mesmo período do ano passado foram registrados 193 casos a mais. Uma das causas apontadas para que o índice aumente é o calor intenso que facilita a propagação de incêndios. O clima quente deverá se estender até dezembro. O Corpo de Bombeiros alerta a população sobre o perigo de realizar queimadas aleatoriamente.

"O vento espalha as fagulhas no ambiente, fazendo com que outras queimadas aconteçam. Vamos estar em alerta, viaturas vão estar preparadas para os possíveis incêndios que podem ocorrer", destacou o capitão Santino Contes.

De acordo com a legislação municipal, realizar queimadas em áreas urbanas é proibido. “A pessoa é punida com multa e ainda vai responder um processo na Justiça. O valor  da multa pode chegar até R$ 210”, explica o chefe de fiscalização da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma), Arlen Lemos.

Em toda a América do Sul, o Brasil aparece em primeiro lugar na lista elaborada pelo Inpe, seguido pela Bolívia, que registra 4.315 focos. O terceiro país a registrar maior número de queimadas é a Argentina, com 859 casos. (G1 Santarém)

Nenhum comentário:

Postar um comentário