terça-feira, 23 de agosto de 2016

Violência doméstica no Pará gerou 180 inquéritos policiais

Nos últimos 40 dias, a Polícia Civil já instaurou 180 inquéritos relacionados à violência doméstica e a violência de gênero no Pará. Somente no último sábado (20), a Deam (Divisão Especializada de Atendimento à Mulher) contabilizou 82 inquéritos deste tipo de crime. Os dados são da Polícia Civil e foram divulgados nesta terça-feira (23). Os dados fazem parte de um balanço da Polícia Civil em relação aos 10 anos da Lei Maria da Penha. Os indicadores são da operação 'Batom Carmim', que tem por objetivo apurar denúncias de violência doméstica e violência de gênero contra mulheres no Estado. 

 Durante a operação, os policiais realizam um mutirão para dar andamento nos procedimentos policiais, que culminaram na instauração dos procedimentos policiais que seguirão à justiça.  Segundo a delegada Nilza Lima, titular da DAV (Diretoria de Atendimento a Grupos Vulneráveis), o número de procedimentos policiais instaurados a partir do registro de boletins de ocorrência nas delegacias passa agora a ser avaliado também como um indicador no monitoramento da violência doméstica contra a mulher no Pará, já que os dados servirão para observar os avanços sobre este tipo de crime. 
(ORM News com informações da Polícia Civil)

Nenhum comentário:

Postar um comentário