segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Banpará amplia o crédito e tem alta de 60% no lucro líquido

Em meio à crise econômica nacional, em que o país enfrenta problemas como a alta da inflação e a retração do crédito, o Banco do Estado do Pará (Banpará) mantém bons resultados. No balanço do primeiro semestre de 2016, a instituição registrou lucro líquido de R$ 74 milhões, 60,5% acima do registrado no mesmo período de 2015. O patrimônio líquido ficou em R$ 753,2 milhões, expansão de 23,9% em relação ao ano passado, com retorno anualizado sobre o patrimônio líquido médio de 32,2%.

Para o diretor de Controladoria, Planejamento e Relações com Investidores do Banpará, Braselino Assunção, os resultados do banco neste ano são fruto do planejamento estratégico bem definido. Os ativos totais ficaram na casa dos R$ 5,6 bilhões, com retorno sobre os ativos médios de 4%, os depósitos totalizaram R$ 4,1 bilhões. A carteira de crédito, com saldo de R$ 3,6 bilhões, registrou crescimento de 9,9% em relação ao primeiro semestre de 2015.

Expansão – No mesmo período, o Banpará passou a estar presente em 90 municípios paraenses, alcançando 83% da população do Pará. No primeiro semestre, foram inauguradas quatro novas agências, nos municípios de Curralinho, Medicilândia, Ourilândia do Norte e Tucumã. Além da expansão física da rede de agências, o banco também investiu na melhoria das instalações atuais, transformando em agência os postos de atendimento nas cidades de Abel Figueiredo, Água Azul do Norte, Anapu, Brejo Grande do Araguaia, Curuá, 

Primavera, Santo Antonio do Tauá, Sapucaia e Vitória do Xingu.
“Em um momento de crise, devemos identificar oportunidades de crescimento, e foi isso que o Banpará fez. Num cenário de desaceleração do crédito, enquanto a tendência entre as instituições financeiras é fechar agências e reduzir o quadro de funcionários, implantamos o Plano Expansão da Rede de Agências, inaugurando agências pelo interior do Pará. 

Contratamos mais funcionários, conquistamos novos nichos de mercado e aumentamos o market share”, explica o diretor de Controladoria, Planejamento e Relações com Investidores.
O crescimento do crédito do Banpará, segundo ele, foi superior ao crescimento do crédito no Pará e no Brasil. “Além disso, lançamos produtos de qualidade e investimos pesado em tecnologia e qualificação de funcionários, o que nos tornou mais competitivos. Esse é o resultado do sucesso”, conclui Braselino Assunção.
Por Renan Lobato - Agência Pará

Nenhum comentário:

Postar um comentário