sexta-feira, 2 de setembro de 2016

Fora de casa, Paysandu enfrenta o LEC nesta sexta-feira

Vencer ou vencer”. Este é o lema do Paysandu para o jogo de hoje à noite, contra o Luverdense-MT, pela 23ª rodada da Série B. A partida será no Estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde (MT), às 21h30, e vale posição importante na tabela para ambas as equipes. Os dois são adversários diretos e sofreram uma derrota na rodada passada. O Luverdense está na 14ª posição, com 28 pontos e o Paysandu na 15ª, também com 28. O critério de desempate entre as equipes ocorre no saldo de gols, pois o Paysandu tem o saldo negativo de quatro gols e o Luverdense, saldo positivo de três. 

No primeiro turno, o Papão venceu o LEC na Curuzu. O time de Lucas do Rio Verde saiu na frente, mas no final o clube paraense conseguiu reverter a situação, terminando em 2 a 1 o placar. Dessa vez, o Paysandu espera não passar pelo sufoco no primeiro turno e começar o jogo abrindo o marcador e sacramentando com a vitória.

Se quiser manter a chance de se aproximar do G4 e chegar ao acesso, o Alviceleste precisa conquistar a vitória. Desde o início do segundo turno, o Paysandu venceu apenas um jogo e perdeu dois seguidos, desperdiçando nas últimas rodadas seis pontos preciosos. 
Ontem à tarde, Dado Cavalcanti comandou o coletivo no CT do adversário. O treino ajudou a clarear as ideias do técnico do Paysandu, Dado Cavalcanti, que deve mudar a escalação para o jogo contra o Luverdense.

 A mudança ficou clara ainda na relação da viagem, tirando Celsinho e Leandro Cearense. Sem Ricardo Capanema, que cumpre suspensão pelo cartão vermelho no jogo contra o Tupi, as opções podem ser Ilaílson, Domingues e Robert. 
O técnico também não conta com Emerson, poupado para tratar lesão no quadril, e vai colocar Marcão no gol. 

Quem pode entrar com titular é o atacante Rivaldinho. Dado Cavalcanti ainda conta com a volta de Roniery na lateral-direita. Com essas novidades, a escalação pode ser Marcão; Roniery, Fernando Lombardi, Gilvan e João Lucas; Augusto Recife, Lucas, Robert e Tiago Luís; Maílson e Rivaldinho. Mas o time que pode salvar o Papão da Zona do Rebaixamento será conhecido apenas minutos antes da partida. 

O meia-atacante Tiago Luís, preferido para a parte ofensiva do Paysandu, sabe da pressão que o elenco vive e espera que os torcedores tenham paciência. Ele afirma que os resultados positivos estão por vir, ajudando na arrancada do clube alviazul. Umas das estratégias para melhorar a equipe é o uso da auto-crítica. No final do jogo contra o Tupi-MG, Dado assumiu a responsabilidade pela derrota. 

“Às vezes, o treinador quer assumir a culpa da derrota pelo fato de ser o comandante, mas todos sabem que os jogadores estão com ele até o final. Temos que fazer a nossa própria autocrítica, ver onde errando, para que possamos acertar diante do Luverdense”, afirma Tiago Luis. “Temos que fazer um jogo seguro, implantar uma identidade no clube. 

Já mostramos isso em alguns jogos. Nosso elenco é um grupo comprometido. Peço paciência ao nosso torcedor, que confie em nossa equipe, pois tenho certeza que na sexta-feira (hoje) vamos dar um grande resultado”, prevê o jogador. (O Liberal)

Nenhum comentário:

Postar um comentário