quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Pagamento do 13º salário vai injetar quase R$ 4 bi no Pará

O pagamento da segunda parcela do 13º salário deve injetar quase R$ 4 bilhões no Pará, segundo uma pesquisa do Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos) divulgada na manhã desta quinta-feira (27). Este valor significa um crescimento de mais de 12% em relação ao passado. Pelos dados do Dieese, aproximadamente 2.008.738 paraenses devem ser beneficiados, sendo 862.584 beneficiários da Previdência Social como aposentados ou pensionistas correspondente a 42,9% do total de beneficiados e outras 1.105.154 pessoas correspondentes a 55% referentes a ocupados no Setor Formal da Economia (publico e privado), contribuintes da previdência. Já os empregados domésticos com carteira assinada alcançam um total de 41 mil pessoas correspondendo a 2% do total geral.

O numero total de pessoas beneficiadas pelo pagamento do 13º Salário no Pará representa uma pequena queda de 0,85% em relação aos abrangidos pelo pagamento em 2015, que foi de2.026.039 pessoas.

Segundo o Dieese, este recuo se deve em grande parte aos reflexos da crise sobre o Mercado de Trabalho que trouxe um desemprego muito grande no Pará e em todo o Brasil.
A pesquisa mostra que o total que deverá entrar na economia paraense, nas duas parcelas do 13º Salário, é de R$ 3.960.803.694,00. 

Deste total, o montante a ser pago aos Beneficiários da Previdência, soma R$ 1.159.762.503,00 ou seja, 42,9% dos beneficiários receberão cerca de 29,3% do total a ser pago, enquanto que um percentual de 55% referente aos trabalhadores assalariados do setor formal devem ficar com aproximadamente 69,7% do valor a ser pago, ou seja, R$ 2.762.255.191,00. Já os empregados domésticos que representam 2% do total de beneficiados, receberão R$ 38.786.000,00 equivalente a 1,0% do montante.

No Pará o valor médio a ser pago ao conjunto de trabalhadores a título de 13º salário 2016, foi estimado em R$ 1.835,45. Em termos dos proventos da Previdência, o valor médio a ser pago no Pará é de R$ 1.344,52. Dentro desta média encontra-se o pessoal do regime geral, beneficiários do INSS que receberão em média R$ 1.027,04. 

Os empregados do mercado formal receberão no Pará em média R$ 2.443,86. Cada trabalhador doméstico com carteira assinada terá direito a um valor médio no Pará de R$ 946,00.
(ORM News)

Nenhum comentário:

Postar um comentário