sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Governo e Alepa entregam 21 ambulâncias para reforçar atendimento na Atenção Básica

O Pará é um dos três Estados brasileiros que destinam investimentos à Atenção Básica nos municípios. É uma decisão de governo fundamental para a manutenção da assistência à saúde no Pará, e que nesta sexta-feira (11) foi reforçada com a entrega de 21 ambulâncias e uma ambulancha para municípios de diversas regiões. Os veículos foram entregues pela manhã, em cerimônia no Palácio do Governo, com a presença do governador Simão Jatene, de gestores municipais, deputados e secretários estaduais e municipais. O investimento é superior a R$ 1,8 milhão. O recurso destinado a equipamentos para o atendimento na Atenção Básica é fruto de uma parceria do Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), com a Assembleia Legislativa do Estado do Pará (Alepa).

Para o governador Simão Jatene, a iniciativa de planejar em conjunto com o Parlamento a destinação dos recursos é um ganho social muito importante. “Cada vez mais o Executivo estadual ficará com os grandes projetos, que são mais complexos, mas nem por isso deixam de ser importantes os atendimentos das demandas pontuais dos municípios, em que os próprios deputados, organizadamente, terminam sendo os grandes protagonistas através da apresentação das suas emendas de forma unificada. 

O que está acontecendo é que se está dando uma melhor qualidade para a aplicação, para o gasto, e isso, no momento de crise, é muito importante”, avaliou Simão Jatene, reiterando que os recursos vêm do contribuinte.

“É por isso que eu festejo não só o avanço, no sentido de que isso contribui pra ajudar a melhorar o atendimento da população, mas também a possibilidade dessa articulação e melhor utilização dos recursos, através de uma parceria clara e bem definida entre Legislativo e Executivo estadual, que contribui para melhorar o atendimento da população na área da saúde”, ressaltou o governador.

Novas demandas - A parceria do Governo do Pará com a Alepa acontece cotidianamente desde 2013. Até hoje, já foram entregues 170 ambulâncias, informou o secretário de Estado de Saúde Pública, Vítor Mateus. “Essa é uma grande contribuição que o Estado está dando aos municípios, para que a gente consiga ter na atenção primária questões que são fundamentais para preservar a saúde das pessoas”, afirmou o secretário, acrescentando que o Estado deve incrementar a relação com o Legislativo na área de saúde, apresentando aos deputados outras demandas nessa área.

“Nós estamos criando uma nova estratégia, uma nova relação com o Parlamento. Vamos fazer uma exposição das carências de material e equipamentos em cada região, em cada município, e a partir daí cada deputado vai poder identificar e encaminhar essas emendas. 

A gente quer ter o entendimento dos deputados, para que eles, através das suas emendas, possam atender essas necessidades da assistência da rede municipal, que vai ser beneficiada”, explicou Vitor Mateus. Segundo ele, a medida vai atender a população de forma mais efetiva.

O presidente da Alepa, Márcio Miranda, disse que para o Parlamento do Pará é muito importante estreitar, ainda mais, as relações com o Executivo, a fim de potencializar o uso dos recursos públicos. ''Nós, parlamentares, visitamos todos os municípios. Há demanda de toda espécie, e é muito difícil para o deputado fazer a escolha de qual item colocar na emenda. 

Esse projeto nos ajuda a identificar as demandas para discutir com o Executivo e, em conjunto, alcançar um resultado que deixe o município bem posicionado”, destacou Márcio Miranda, para quem o estreitamento da relação leva a classe política a pensar coletivamente. “Para nós está muito bom esse nível do programa e o nível da relação com o Governo do Pará”, afirmou.

Beneficiados - As emendas parlamentares de autoria dos deputados estaduais Márcio Miranda, Cilene Couto, Sidney Rosa, Thiago Araújo, Miro Sanova, Carlos Bordalo, Coronel Neil, Eduardo Costa, Eraldo Pimenta, Iran Lima, Luis Seffer, Raimundo Belo e Renato Ogawa, que proporcionaram a compra das ambulâncias, beneficiaram diretamente os municípios de Ananindeua, Augusto Corrêa, Aurora do Pará, Baião, Belém, Bom Jesus do Tocantins, Castanhal, Igarapé-Miri, Inhangapi, Moju, Paragominas, Peixe-Boi, São Geraldo do Araguaia, São João de Pirabas, Tomé-Açu, Ulianópolis, Uruará, Xinguara e Afuá (este com a ambulancha).

Salvar vidas - Para o prefeito Nilton Farias, do município de Baião, a ambulância vai contribuir para salvar vidas. “Nós entendemos que é uma grande iniciativa do governo do Estado. É uma política pública acertada, viabilizada pela Assembleia Legislativa e que, portanto, muito importante pro povo de Baião. Eu acho que, realmente, é uma grande obra. Nós estamos muito agradecidos, e o objetivo principal de todas essas ações é salvar vidas e melhorar a saúde do nosso povo”, declarou.

A prefeita de Augusto Corrêa, Romana Reis, destacou a importância da ambulância para o município. “É uma atitude muito importante por parte do governador do Estado estabelecer políticas públicas dessa natureza, para que a população seja atendida nos mais longínquos municípios, como é o caso de Augusto Corrêa, onde ainda há uma deficiência de ambulâncias. Aquilo que parece muito pequeno é um ato grandioso pra toda população do Pará”, ressaltou Romana Reis.
Por Dani Filgueiras - Agência Pará

Nenhum comentário:

Postar um comentário