sábado, 12 de novembro de 2016

Homem é torturado, morto a tiros e tem língua cortada por dupla no PA

Um homem, ainda não identificado, foi esfaqueado, morto a tiros e teve a língua arrancada depois de ser torturado por dois criminosos em Tabatinga, comunidade do interior do município de Juruti, no oeste do Pará. A suspeita da polícia é que o crime tenha sido um suposto “acerto de contas”. O caso aconteceu na tarde de quinta-feira (10) e só foi revelado ontem sexta (11). Os suspeitos foram presos, mas em depoimento à polícia negaram a autoria. De acordo com as investigações, a vítima e os autores do homicídio eram velhos conhecidos da polícia por crimes na região. No fim do mês de agosto, a vítima chegou a balear um dos acusados, que deixou a comunidade e seguiu para a cidade de Manaus, onde permaneceu até se recuperar.

Ainda conforme as investigações, após estar totalmente recuperado, o suspeito retornou a região, onde recrutou um rapaz para praticar o crime. Ao chegarem a comunidade, os criminosos e a vítima marcaram de se encontrar. Foi aí que o crime aconteceu. O corpo da vítima foi jogado em um ramal e achado por moradores.

Por não ter Instituto Médico Legal (IML) em Juruti, a Polícia Civil fez a remoção do corpo até o Pronto Socorro Municipal, que foi liberado e enterrado na tarde desta sexta-feira (11). Os suspeitos vão responder pelo crime de homicídio e serão encaminhados para a cadeia da cidade de Oriximiná, oeste do estado. (G1 Santarém)

Nenhum comentário:

Postar um comentário