quinta-feira, 17 de novembro de 2016

ONG santarena vence campanha promovida pela Celpa

Ajudar a quem ajuda é uma das missões do Energia do Bem, programa de voluntariado da Celpa. Por meio de uma campanha nas redes sociais, o programa lançou o desafio às instituições que, também, praticam o bem. A ideia, além de divulgar o trabalho das entidades é ajudar financeiramente a instituição mais compartilhada na rede social. Na primeira publicação, a Organização Não Governamental (ONG) “União Animal” foi a vencedora, e vai receber da Celpa 3 mil reais. A entidade atua em Santarém, oeste do Pará, com o auxílio de dez voluntários. Um dos objetivos é promover campanhas educativas, palestras e cursos voltados à proteção e bem estar dos animais. Desde 2014 quando começou a atuar no município, mais de 300 animais já foram atendidos.

Se na vida real as histórias de abandono são consideradas emocionantes, no mundo animal, esse sentimento não foge à regra. Este ano, uma cadela vira-lata foi encontrada no bairro Jardim Santarém. Além de sinal de maltrato, apresentava um enorme tumor na mama. A sede, a obrigava a tomar água do esgoto.

O animal que aparenta ter 8 anos de vida, foi resgatado por uma voluntária da União Animal e batizada como “Manu” passou por tratamento e, atualmente, faz a alegria da família da dona de casa, Márcia Santos, que é apaixonada por cachorros desde criança.
 

Para a representante da ONG, Denise Albuquerque, a premiação oferecida pela Celpa, representa uma grande vitória. Como voluntária do espaço, ela aproveita para agradecer todas as pessoas que ajudaram a compartilhar. “Muitos sabem da nossa luta diária em prol dos animais. E saber que muitos votaram para nos ajudar é muito gratificante”, reforçou. O dinheiro repassado pela Celpa, será utilizado para castrações dos animais, informou a voluntária da União Animal.
 

Hoje, dois projetos são desenvolvidos pela União Animal: o “Apadrinhe um Peludo” e o “Lar Temporário”. Palestras em escolas, resgate e tratamento dos animais, incentivo a adoção dos animais resgatados, castração dos peludos resgatados e doados, venda de alimentos e bazar para angariar dinheiro, são algumas das ações realizadas pela ONG.
 

De acordo com Michelle Miranda, analista de Responsabilidade Social da Celpa, o envolvimento dos clientes foi fundamental para o sucesso da campanha desenvolvida por meio das redes sociais. Na página do facebook, a União Animal teve 1.086 compartilhamentos. 

Em segundo lugar ficou a “Casa São Vicente de Paulo”, com 314 compartilhamentos e irá ser contemplada com R$ 2 mil. A entidade presta atendimento assistencial às pessoas idosas em qualquer situação, doentes e abandonadas, no município de Paragominas. O “Grupo Paravidda”, que atua em Belém e da apoio e assistência às pessoas com HIV/Aids e o “Projeto Futuro Melhor”, que atua com atendimentos na prevenção e vulnerabilidade social de crianças e adolescentes carentes de Marabá, também concorreram a premiação.
 

Conforme Michele, o Energia do Bem consiste num conjunto de ações realizadas com o objetivo de incentivar e apoiar o envolvimento dos colaboradores em atividades como palestras educativas, atividades sociais e lúdicas. O programa atende clientes de diversas cidades do o Estado. " A ajuda ao próximo é necessária e tem contribuído para que muitas vidas sejam salvadas. Por isso, é importante que, cada vez mais, haja novos adeptos da solidariedade", finalizou. (Núbia Pereira - Celpa)

Nenhum comentário:

Postar um comentário