sábado, 24 de dezembro de 2016

Nutricionista ensina cuidados com sobras da ceia de Natal

Com a chegada das festas de fim de ano, as mesas fartas da Ceia Natalina e do Réveillon devem resultar em sobras de alimentos no dia seguinte. A nutricionista Beatriz Bentes da Silva Leão explicou que os alimentos da mesa natalina podem ser acondicionados após a retirada da mesa e não deve se prolongar. "Fazer a mesa somente no momento da ceia e logo acondicionar. O acondicionamento deve ser feito de imediato, em geladeira se for consumir no dia seguinte. É bom evitar os alimentos mais cheios de creme de leite ou maionese. Estes devem ser manipulados e consumidos no mesmo dia para evitar contaminação ou infecção", afirmou. 

Ainda segundo a especialista existem alimentos que dificilmente vão servir um dia após a festa. "Os alimentos ricos em leite, creme de leite, maionese devem ser produzidos e consumidos no mesmo dia, uma vez que são de fácil contaminação de microrganismos e difíceis de serem condicionados, já que são manipulados e expostos por muito tempo".

Os alimentos que requerem mais cuidados são os mais manuseados como saladas, pois são mais perecíveis. "Os alimentos com muito condimentos como lasanhas e cremes também são muito perecíveis. Requerem menor exposição, mais refrigeração e menos manuseio", orientou a nutricionista em alimentação escolar e do adolescente.

Beatriz Leão, que atua como nutricionista em hospital pediátrico e ambulatório pediátrico, deu também dicas sobre o local mais adequado para acondicionar esses alimentos. "Os alimentos mais perecíveis serão armazenados sob refrigeração e consumidos em 24 horas. 

Os demais congelados e podem ser consumidos em até 3 meses. A refrigeração a 12 graus e congelamento abaixo de 4 graus. As vasilhas precisam ser de vidro e tampas de plástico bem vedadas".

Isso é determinante para que no dia seguinte eles estejam em condições de novamente serem degustados, uma vez que se requentado, não poderá mais ser refrigerado ou congelado.

A nutricionista afirmou que os alimentos no dia seguinte podem ser contaminados, caso sejam mal condicionados, e perdem qualidade. "Os alimentos sob cocção ou refrigeração sempre perdem nutrientes. Mais consideravelmente os termo sensíveis como Vitamina C e Vitamina E. As proteínas também são desnaturadas uma vez que o alimento é exposto a cocção".

Ela recomendou que o ideal é fazer porções consumidas no mesmo dia e que não sobrem. "O mais adequado é preparar alimentos em menores porções e serem consumidos de imediato. Isso diminui a probabilidade de contaminação e garante melhor qualidade e sabor do alimento".

Para perceber se o alimento não está ou não apto ao consumo no dia seguinte algumas coisas devem ser observadas: mudança de cor, cheiro e textura. Um dos três deve identificar qualquer alteração. Quanto aos alimentos que passarem do ponto devem ser descartados em sacos individuais e jogados em lixo orgânico.
(O Liberal)

Nenhum comentário:

Postar um comentário