quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Presos três envolvidos em assalto ao BB de Mocajuba

Três pessoas acusadas de envolvimento no assalto à agência do Banco do Brasil em Mocajuba, nordeste paraense, foram presas nesta quarta-feira (14). O crime aconteceu no dia 1º de novembro. Gilmara Diniz Pastana, 26 anos, e Halan Deiveson Rodrigues Amorim, 29 anos, foram presos no município de Moju, na mesma região onde houve o crime. Walter Luiz Gomes Duarte, 30 anos, foi preso em Icoaraci, em Belém.  Os acusados prestaram depoimento nesta quarta-feira (14) na Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) e foram autuados pelos crimes de roubo qualificado, porte ilegal de arma de fogo e associação criminosa armada.

O delegado da Divisão de Repressão de Roubo a Banco (DRRB), Evandro Araújo, explicou que a mulher movimentou o dinheiro roubado pela quadrilha por meio de uma conta bancária. 'O Walter era um dos assaltantes que estavam na linha de frente, e o Halan participou do resgate', contou. O policial acrescentou que já foi pedido o bloqueio da conta usada pela quadrilha.

O bando já tinha assaltado uma agência bancária em Baião. 'A Gilmara já tinha sido presa pelo roubo ao banco de Moju, mas foi solta no dia 27 de outubro. Os outros dois também tinham passagem pela polícia por roubo de carga', informou.
A polícia diz que 10 pessoas estão envolvidas no crime. Seis deles estão presos e outros dois morreram em confronto com a polícia. Outros dois criminosos já foram identificados. Parte da quadrilha foi presa em Tailândia, sudeste paraense, uma semana após o crime. 

Houve troca de tiros na ação, que deixou dois bandidos mortos.
Durante a abordagem foram encontradas armas de grosso calibre, munições e dinheiro. Entre as armas apreendidas estão escopetas, carabinas, espingardas, fuzil e submetralhadoras e coletes à prova de balas. 
(O Liberal)

Nenhum comentário:

Postar um comentário