quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Setor de serviço perdeu quase 4 mil empregos em 2016

De janeiro a dezembro do ano passado o setor serviço no Pará perdeu quase quatro mil postos de trabalhos, o que representou uma queda de 1,43% na geração de empregos formais, segundo uma pesquisa do Dieese-Pa (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos) divulgada na manhã desta quarta-feira (8). Somente no mês de dezembro do ano passado, o setor amargou a perda de 2.226 postos. De acordo com o estudo do Dieese, de janeiro a dezembro do ano passado, foram realizadas 79.490 admissões no Pará, contra 83.326 desligamentos, o que gerou um saldo negativo de 3.836 postos. A queda verificada foi de 1,43%. No mesmo período de 2015, o setor também apresentou perdas, mas o saldo negativo ficou em 2.828 postos.

Em comparação com os demais estados do Norte, o Pará só perdeu para o Amazonas, com perda de 5.494 postos de trabalhos, seguido do Amapá com a perda de 2.206 postos de trabalhos, e Tocantins com a perda de 1.303 postos. Em toda a Região Norte, o setor perdeu 13.174 empregados, com decréscimo de 1,99% na geração de empregos.

No mês de dezembro do ano passado, o setor serviço perdeu 2.226 postos de trabalho no Pará, o que representou uma queda de 0,84% nos empregos. Em dezembro de 2015 a situação estava pior, segundo o Dieese-Pa, já que o Estado fechou o período com saldo negativo de 2.908 postos de trabalhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário