sexta-feira, 31 de março de 2017

Ex-namorado é suspeito de matar mulher em Marituba

Uma mulher foi assassinada em um crime com características de feminicídio na noite de ontem quinta-feira (30), em Marituba, município da Região Metropolitana de Belém (RMB). Antônia Elsa Ferreira de Araújo, de 46 anos, foi baleada enquanto voltava para casa do trabalho. O principal suspeito da execução é um homem com quem ela mantinha um relacionamento há oito anos, e que não aceitava o fim da união.l Segundo informações do sargento Pantoja, do 21º Batalhão da Polícia Militar (BPM), o crime ocorreu na rua Sete de Setembro, em uma área distante do centro da cidade.Antônia voltava para casa de seu trabalho como empregada doméstica, junto com uma amiga, quando ambas foram interceptadas por um homem em uma moto. 

Sem tirar o capacete, o motociclista ordenou que as duas mulheres deitassem no chão da via pública. Nesse momento, o homem atirou algumas vezes contra Antônia, que não resistiu aos ferimentos e morreu na hora. A outro mulher não se feriu.

Vizinhos e familiares da vítima disseram que têm certeza que o autor do crime foi o parceiro da vítima, identificado apenas como “Ney”. Ele e Antônia mantinham um relacionamento há oito anos, com brigas e separações constantes. A vítima teria contado a algumas pessoas próximas que queria terminar de vez o relacionamento, mas já havia sido ameaçada de morte pelo homem, caso decidisse pela separação. 

Além das ameaças, outro fato que contribui para determinar Ney como o principal suspeito é a moto utilizada pelo assassino. O veículo usado pelo executor de Antônia foi uma motocicleta laranja, a mesma cor e modelo da moto de Ney.

A vítima morava há dez anos na comunidade em Marituba, junto com uma filha, mas ambas eram naturais do município de Bragança. A filha de Antônia passou mal ao receber a notícia da morte da mãe, e foi levada desacordada para receber atendimento médico. Os outros quatro filhos da mulher moram em Bragança, e vêm até Marituba para velar o corpo da mãe.
A polícia agora tenta localizar “Ney”, que segue como o principal e único suspeito. Vizinhos não têm dúvidas que ele seja o responsável pela morte da vítima, pois o homem era conhecido na região por seus impulsos violentos e crises de ciúmes. 

A Divisão de Homicídios da Polícia Civil já está investigando o caso. A Polícia solicita que qualquer informação sobre os possíveis assassinos seja repassada pelo Disque-Denúncia 181. O Portal ORM News reforça que as denúncias podem ser feitas de forma anônima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário