segunda-feira, 13 de março de 2017

Governador e presidente da Vale discutem projetos para o Estado

O governador Simão Jatene recebeu nesta segunda-feira (13) o diretor-presidente da Vale, Murilo Ferreira. O encontro ocorreu no Palácio do Governo, em Belém, com a participação do titular da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme), Adnan Demachki. Após seis anos à frente da empresa, o executivo deixa o cargo no fim de maio. “Foi uma oportunidade para recapitularmos alguns objetivos já atingidos e outros a serem conquistados nos próximos tempos. 

O governador tem uma visão de longo prazo, da qual compartilhamos”, ressaltou Murilo Ferreira, que durante o encontro, comentou sobre os rumos da economia e os projetos que estão em andamento no país e no Pará.

“Temos respeito pela forma digna que o governador tem conduzido sua carreira política. É sempre bom ouvir de uma pessoa muito centrada, gabaritada, como ele vê as coisas no país, nesse clima de incerteza tão grande que tem dominado a agenda brasileira no passado recente”, acrescentou o executivo.

Murilo Ferreira está em Belém para participar do lançamento do 6º Anuário Mineral do Pará 2017, que ocorre na noite desta segunda-feira (13), no Espaço São José Liberto. Na oportunidade ele será homenageado com o título honorífico “Minerador Destaque”. O presidente da Assembleia Legislativa, Márcio Miranda, também será homenageado com a comenda “Mérito da Mineração”. A condecoração é concedida às personalidades que mais apoiaram o setor mineral ao longo dos anos.

Em maio de 2011 Murilo Ferreira foi nomeado diretor-presidente da Vale. Tem mais de 35 anos de experiência no setor de mineração. Iniciou a carreira profissional na empresa em 1977, como analista financeiro e econômico. É membro do CEO Advisory Board do Massachusetts Institute of Technology (Instituto de Tecnologia de Massachusetts), do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social da Presidência da República e integrante do Brazil-Japan Wise Men Group.

Em dezembro, a Vale colocou em operação na região de Canaã dos Carajás, no sudeste paraense, a mina de ferro S11D, considerado o maior projeto de minério de ferro da história da empresa e um dos maiores investimentos privados no Brasil nesta década. 

Os investimentos totais são de US$ 14,3 bilhões – US$ 6,4 bi aplicados na implantação da mina e da usina e US$ 7,9 bi referentes à construção de um ramal ferroviário de 101 quilômetros, à expansão da Estrada de Ferro Carajás (EFC) e à ampliação do Terminal Marítimo de Ponta da Madeira, em São Luís (MA).

Nos últimos 12 anos, mais de R$ 1 bilhão já foi destinado ao município de Canaã dos Carajás, contabiliza a Vale, incluindo, entre 2004 e 2016, pela operação da mina de cobre do Sossego, investimentos sociais e pagamentos de Imposto sobre Serviços (ISS) e a Contribuição Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (Cfem).
Por Lidiane Sousa - Agência Pará

Nenhum comentário:

Postar um comentário