sábado, 1 de abril de 2017

Agência é assaltada e sete pessoas são feitas reféns

Uma agência da Caixa Econômica Federal foi alvo de um ataque no início da madrugada deste sábado, no município de Dom Eliseu, nordeste paraense. A ação começou por volta de 23h45 e durou cerca de 40 minutos. De acordo com informações da polícia, um grupo formado por dez homens invadiram o local. Todos estavam vestidos com roupas rajadas, similar as de militares do exército, toucas e portavam armas de grosso calibre, como fuzil 765. Eles chegaram ao município em dois veículos: um de passeio e uma caminhonete. Ao chegarem na agência, atiraram em direção a porta principal. O bando entrou e foi em direção aos quatro caixas eletrônicos e ao cofre, que pertence a tesouraria do banco, onde as dinamites foram instaladas. Além do cofre, somente duas dinamites que estavam nos caixas eletrônicos explodiram.

Os assaltantes retiraram o dinheiro e na fuga fizeram sete pessoas que estavam em uma pizzaria de reféns. Uma das vítimas possuía uma caminhonete e foi obrigada a conduzir o carro junto com os outros veículos.

Durante a saída do município de Dom Eliseu, que dá acesso a rodovia Belém-Brasília, os assaltantes trocaram tiros com policiais civis que vieram de Paragominas. No entanto, os policiais receberem ordens para encerrarem o tiroteio, pois foram notificados que haviam reféns com os bandidos.

O bando seguiu para o município de Ulianópolis, onde a cerca de 1km um dos carros foi incendiado e uma refém liberada. Mais adiante, aproximadamente 10km, todos os outros reféns foram liberados. Segundo informação das vítimas, o grupo seguiu por uma estrada vicinal, que dá acesso as cidades de Tailândia e Goianésia. A polícia acredita que eles vão seguir fuga em direção a algum lugar do sudeste do Estado.

Até o momento não se sabe a quantia levada pelos assaltantes. A Polícia Federal (PF) foi acionada sobre o caso e uma equipe deve se deslocar neste sábado (1) para realizar a perícia na agência. (ORM News)

Nenhum comentário:

Postar um comentário