quarta-feira, 12 de abril de 2017

Empresários portugueses prospectam negócios no Pará

Um dos principais grupos hoteleiros portugueses, o grupo Vila Galé, estuda a possibilidade de instalar um dos seus empreendimentos no Pará. Na manhã desta quarta-feira (12), o governador Simão Jatene recebeu, no Palácio do Governo, o presidente do grupo, Jorge Almeida, e a comitiva da empresa portuguesa que está no estado fazendo prospecções de lugares que podem receber um dos hotéis da rede.

“O Pará é um estado que tem alma, além de uma diversidade de atrativos naturais e culturais”, destacou o governador ao mostrar o mapa do estado e as potencialidades de cada região. “O Pará é a melhor síntese da Amazônia. Aqui você encontra praias de rio e de mar, regiões de serra, campos, áreas para pesca esportiva e reservas ambientais, que proporcionam uma experiência real com a floresta”, reiterou Jatene.

O presidente do grupo Vila Galé chegou a Belém ontem e disse que ficou impressionado com a cidade. “O primeiro impacto foi muito positivo, não só pelo aspecto cultural, o clima também nos agradou muito”, afirmou Jorge Almeida, que comanda uma rede hoteleira que tem forte presença em Portugal e já possui vários resorts no Brasil. “Investimos em hotéis temáticos e aqui não será diferente”, garantiu o empresário.

O secretário estadual de Turismo, Adenauer Góes, explicou que essa é uma ação específica para captar investimentos e investidores em busca da operacionalização do turismo como atividade econômica no estado do Pará. “O Vila Galé é um grupo importante na Europa e no Brasil. O fato de estarem aqui prospectando as oportunidades de negócios, não apenas no setor hoteleiro, mas na área alimentícia, de produção de azeites e vinhos, é muito importante para o nosso estado”, avaliou o titular da Setur, ao destacar que a visita do grupo hoteleiro é fruto de uma ação conjunta.

“Essa visita foi articulada em parceria com a Associação Comercial do Pará e a Federação das Indústrias do Estado. Representantes das duas entidades estiveram em Portugal para participar de um evento e, na oportunidade, convidaram empresários daquele país para conhecer o Pará e participar conosco desse projeto de desenvolvimento econômico”, lembrou Adenauer, referindo-se ao "Pará, um mundo de oportunidades", evento realizado em maio do ano passado, em Lisboa, e que reuniu empresários brasileiros e portugueses, além de representantes de organizações de diferentes setores produtivos.

A reunião no Palácio do Governo contou com a presença do diretor do Vila Galé Hotéis no Brasil, José Bastos; do presidente da Câmara Portuguesa de Comércio no Brasil/Seção Pará, Reginaldo Ferreira; do representante da revista País Econômico, Jorge Alegria; e do presidente da ACP, Fábio Lúcio.

Na tarde de hoje Jorge Almeida fará um sobrevoo de helicóptero em Belém. O Vila Galé integra o ranking das 207 maiores empresas hoteleiras do mundo. É composto por diversas sociedades, entre as quais se destaca, por sua dimensão e importância, a Vila Galé – Sociedade de Empreendimentos Turísticos S.A., que encabeça o ranking das empresas portuguesas.

Atualmente, o grupo Vila Galé é responsável pela gestão de 27 unidades hoteleiras: 20 em Portugal (Algarve, Beja, Évora, Oeiras, Cascais, Ericeira, Estoril, Lisboa, Coimbra, Porto, Douro e Madeira) e sete no Brasil (Rio de Janeiro, Fortaleza, Caucaia, Salvador, Guarajuba, Cabo de Santo Agostinho e Angra dos Reis).
Por Dani Filgueiras - Agência Pará

Nenhum comentário:

Postar um comentário