terça-feira, 25 de abril de 2017

Mais de 500 militares do Estado são promovidos durante solenidade de Tiradentes


Já para o tenente coronel Hernani Miranda da Cunha Filho, que em julho deste ano completa 23 anos de corporação, a promoção constitui mais que um reconhecimento, ela é o incentivo para um trabalho que exige dedicação e entrega. “O sentimento é de valorização, claro, mas também de responsabilidade, porque sabemos que temos muito trabalho pela frente e precisamos combater essa violência crescente. Somos os únicos profissionais que dão a vida diariamente por pessoas que nem conhecemos”, destacou o tenente coronel.

“Poder homenagear esses homens e mulheres é recompensador, pois eles fazem um trabalho digno de todo o mérito inerente à missão de um servidor. Tenho plena convicção de que, além de levantar a autoestima desse profissional, isso serve para mostrar a ele que seu esforço está sendo visto e reconhecido”, observou o vice-governador Zequinha Marinho, que representou o governador Simão Jatene na cerimônia.

Ao todo, 231 oficiais e 341 praças foram promovidos aos postos e graduações da hierarquia policial militar - coronel, tenente-coronel, major, capitão, 1º e 2º tenentes - por critérios de merecimento e antiguidade. A ascensão foi concedida por meio de decreto do Poder Executivo, publicado no Diário Oficial do Estado e em vigor desde o dia 21 de abril.
As promoções na PM são feitas apenas em duas datas: no dia 21 de abril (Dia de Tiradentes) e no dia 25 de setembro, data de aniversário da corporação. Entre 2011 e 2016, mais de 9.300 militares foram promovidos, sendo 3.176 só no último ano.

Em 2010 a remuneração inicial dos praças era de R$ 1.681,00, valor que hoje alcança R$ 3.090,00. A média de remuneração, que era de R$ 2,5 mil, hoje é de R$ 3.800,00. Os investimentos também passam pela realização de concursos públicos, que somam seis desde 2011. Dos processos concluídos, todas as 2.170 vagas foram preenchidas e os concursados nomeados, com admissões extras do cadastro reserva.  Atualmente, encontra-se em andamento outro certame para o provimento de mais 2.174 vagas na Polícia Militar.

Durante a cerimônia também foram concedidas medalhas do mérito Tiradentes, a personalidades civis e militares, e de bons serviços prestados, aos policiais militares que ao longo de suas carreiras têm trabalhado de forma destacada para a valorização da corporação, pelo período de 30 anos (metal dourado), 20 anos (metal prateado) e 10 anos (metal bronzeado).

Reforço – Após a cerimônia, houve a entrega simbólica de veículos e equipamentos para a corporação, fruto de parcerias entre a Polícia Militar e órgãos como Ministério Público do Estado do Pará (MPE), Departamento de Trânsito do Estado (Detran) e Assembleia Legislativa do Estado, para o combate e reforço da segurança em todo o Estado.“O Brasil está em crise e o Pará está passando por um momento de reestruturação do seu orçamento. 

Então fomos atrás de parceiros para mostrar que eles poderiam nos ajudar a melhorar a qualidade do serviço prestado e fomos bem recebidos. Agora estamos dando uma resposta para os diretores dos órgãos e instituições, bem como para a sociedade”, complementou o comandante geral da PM, coronel Campos.

O acordo celebrado entre Polícia Militar e Ministério Público do Estado, em julho de 2016, prevê o repasse de mais de R$ 3 milhões. Com a primeira parcela liberada foi possível adquirir 332 rádios portáteis de comunicação; um furgão para transporte de tropa e um caminhão para o transporte de cavalos do Regimento de Polícia Montada. A segunda parcela, de R$ 1.250.000,00, tem como meta a aquisição de 767 coletes, 324 capacetes, 40 fuzis, um microônibus e duas vans executivas. Os equipamentos já adquiridos foram entregues durante a cerimônia.

Outro termo de cooperação, firmado entre o Departamento de Trânsito do Estado (Detran) e a Polícia Militar em junho de 2016, com vigência até maio de 2018, prevê a cooperação mútua visando a implementação de medidas destinadas a assegurar um trânsito em condições seguras no âmbito das rodovias estaduais. Entre elas está a atuação de policiais militares do Batalhão Rodoviário na fiscalização do tráfego, após capacitação e designação, como Agentes de Autoridade de Trânsito.

O documento também assegura o repasse de R$ 13.464.961,00 para a corporação, sendo a primeira parte de R$ 7.978.406,50 e a segunda de R$ 5.486.554,50. O montante está sendo utilizado para o pagamento de diárias aos policias militares que realizam operações de fiscalização de trânsito em postos distribuídos em todo o estado e para a aquisição de equipamentos para a instituição.

A primeira transferência foi feita em junho de 2016 e a segunda deve sair ainda este ano. Entre os materiais que já foram adquiridos estão um microônibus, 152 rádios digitais, 20 motocicletas e 250 capas de chuva. A aquisição de outros equipamentos, que incluem radares medidores de velocidade, kits de informática e cones de sinalização, já foi solicitada.
“O desejo que a gente tem é de uma sociedade tranquila e pacífica, e para isso a polícia tem que estar pronta para defender todos. T

enho absoluta convicção de que tudo que soma ao trabalho da polícia resulta em benefício direto para a sociedade. E é isso que nós esperamos: que se faça um bom uso de todos esses veículos e equipamentos em defesa da população”, finalizou o vice-governador Zequinha Marinho.

A programação da solenidade em homenagem a Tiradentes também contou com a participação da banda de música da corporação e do coral de crianças da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Tiradentes, do bairro de Batista Campos, que fazem parte do Proerd (Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência), desenvolvido por policiais militares junto à comunidade.
Por Lidiane Sousa - Agência Pará

Nenhum comentário:

Postar um comentário